Digite aqui a palavra-chave.





Home Page > Dicas Veterinárias > Período de chuvas favorece contaminação por leptospirose

pinterest



Período de chuvas favorece contaminação por leptospirose


Nesta época do ano as chuvas são frequentes, elas refrescam e ajudam amenizar o clima. Mas também representam um alerta para os tutores de cães, quanto à proteção de uma doença que assombra a estação mais quente do ano: a leptospirose.


A doença é causada por uma bactéria, um microrganismo que penetra pela pele, mas que também pode ser ingerido junto com água e alimentos contaminados. Os roedores são os grandes responsáveis pela transmissão da doença através de sua urina, por isso a leptospirose é conhecida como a doença da urina do rato.


Por se tratar de uma zoonose, a doença pode atingir o animal e também o homem. Tornam-se fator de risco para contágio, animais com a imunidade debilitada e filhotes, pela fragilidade. A gravidade da doença depende da bactéria presente e do funcionamento do sistema imunológico do animal.


A transmissão


Geralmente, após períodos prolongados de chuvas, acontecem as inundações, que são propícias à disseminação e permanência das leptospiras no ambiente, já que desse modo não ocorre a evaporação ou absorção, pelo solo, da urina proveniente de animais infectados, servindo assim como fonte de infecção para animais e humanos.


Sintomas nos animais


  • Falta de apetite
  • Vômito
  • Febre
  • Urina de cor amarronzada
  • Alteração da função hepática, que causará icterícia, notada pelo amarelamento das mucosas como olhos, gengivas, pele e outros.

Vacinado previne contágio


Para prevenir o contágio, a orientação de da Jeannye Caovila, médica veterinária do Cães & Gatos Centro Veterinário, é vacinar os cães anualmente. “Oferecemos as vacinas V10, que protege dos principais sorovares que atingem os cães, e as específicas para reforçar a imunidade aos dois sorovares principais da leptospirose. Já para animais que vivem em regiões endêmicas – com maior incidência e risco da doença – o ideal é vacinar o animal a cada seis meses”, explica.


Outras formas de prevenir


  • Como os ratos são atraídos pela ração dos animais, eles podem contaminá-la ao urinar nas proximidades;
  • Deixar o comedouro dos cães em locais altos;
  • Armazene os sacos de ração em recipientes bem fechados ou em locais que dificultem o acesso dos roedores;
  • Evite a contaminação da água e alimentos pela urina do rato;
  • Não acumule lixo no interior ou na porta de casa, pois atraem os ratos;
  • Em épocas de chuvas, evite o contato com as águas de enchentes, pois elas afloram de bueiros que estão infestados de ratos.
  • O homem deve tomar as mesmas precauções para não se contaminar com a doença.

O tratamento


O tratamento preconizado é baseado em antibióticos específicos, sempre com suporte médico. Em caso de complicações no quadro clínico, passa-se para a internação, para tratamento e estabilização das lesões renais e hepáticas causadas por essa doença.


Gatos não adoecem de leptospirose


Os gatos por sua vez, possuem uma resistência natural à doença. Há casos raros, que acarretam em baixa imunidade, como FIV (AIDS felina), FeLV (leucemia felina) ou câncer.


Vacine o seu cão anualmente e tome todos os cuidados para ele não se contaminar com a leptospirose.



http://www.caesegatos.com/dica/periodo de chuvas favorece contaminacao por leptospirose/

O conteúdo presente no texto acima é responsabilidade dos Autores citados


Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:



Letras de Música com temas Animais:

bullet  Onça pintada

bullet  Canção do exílio

bullet  Cavalgada do amor

bullet  Borboletas

bullet  Cavalo rodrigo amarante

Ver todas as Músicas

Dicas Veterinárias:

bullet  Intoxicações alimentares

bullet  Pus na urina em cães

bullet  Como escolher um veterinário qualificado para cuidar da saúde do seu animalzinho?

bullet  Conheça 15 plantas ornamentais que são tóxicas para cães e gatos

bullet  Feromônios caninos, o que são e para que servem?

Ver todas as Dicas Veterinárias

Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores

bullet  Eng Agrônomo André Fabbrocini Gonçalves, atua na área de manejo de pastagem, segurança dos animais, nutrição, desenvolvimento de projetos http://www.andrefabbrocini.com.br/ (11) 93829722 e (11) 77435504 e nextel 96*40594

bullet  André Barreto www.andrebarreto.com 1150936244 / 25037333

bullet  https://www.facebook.com/Marcelo.Medeiros.DOGWalker/posts/473975952955096:0

bullet  Rafael Senos Médico Veterinário UFF Mestrando USP Técnico em Biotecnologia CEFETEQ RJ

bullet  Sergio Lobato www.sergiolobato.com.br

Confira todos os Colunistas



Cinema, Filmes e Seriados:

bullet  

bullet  As nove vidas de fritz - o gato (the nine lives of fritz the cat)

bullet  Quigley - um cachorro pra lá de humano (quigley)

bullet  Lassie

bullet  Os pássaros feridos (the thorn birds)

Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bullet  Marley e eu

bullet  Falando de passaros e gatos

bullet  Livro de banho galinha pintadinha

bullet  Mais que um leao por dia

bullet  Passo, trote, galope - uma familia e seus cavalos

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br & - Todos os direitos reservados - Créditos