Digite aqui a palavra-chave.





Home Page > Dicas Veterinárias > Ligamento da articulação do ombro e as condições de tend?es em cães

pinterest



Ligamento da articulação do ombro e as condições de tend?es em cães


Bicipital tenossinovite, a ruptura do músculo braquial, e avulsão supraespinhal em cães

A articulação do ombro é uma "bola-e-soquete" joint. Em quatro animais pernas é composta pelos ossos da escápula / escápula, eo osso úmero / superior da perna da frente. Estes ossos são sustentados por ligamentos e tend?es. Um ligamento é uma faixa de tecido conjuntivo fibroso que conecta ou dois ossos ou cartilagem de uma articulação, e um tend?o é uma faixa de tecido conjuntivo fibroso que conecta ou um músculo a um osso.

Ombro-comum ligamento e tend?o condições comp?em a maioria das causas de claudicação na articulação do ombro canino, excluindo osteocondrite dissecante (uma condição caracterizada pelo desenvolvimento anormal dos ossos e cartilagens, levando a um flap de cartilagem dentro da articulação). É uma doença que ocorre em meio a grandes cães de raça quando se tornam esqueleticamente maduros, cerca de um ano de idade ou mais. A idade média para o desenvolvimento dessa condição é entre 3 para 7 anos de idade.

Sintomas e tipos de

Os sintomas dependem da gravidade e longo prazo a natureza da doença
A diminuição da massa muscular é um achado consistente para todas as condições
Bicipital tenossinovite (uma inflamação do tend?o e bainha em torno do tend?o do bíceps - na frente do ombro)
Início é geralmente sutil
Muitas vezes, de duração de vários meses
Trauma para o membro ou ombro pode ser a causa incitar
Sutil, claudicação intermitente, que piora com o exercício
Curto e limitado da fase de balanço da marcha, devido á dor na extensão e flex?o do ombro
Dor de forma inconsistente demonstrado na manipulação do ombro
Ruptura do tend?o do músculo bíceps braquial (membro superior)
Sinais semelhantes aos tenossinovite bicipital
Pode ter súbita (agudo) início devido a um evento traumático conhecida
Geralmente sutis, a longo prazo (proteger) claudicação, que piora com o exercício
Mineralização do tend?o do supraespinhoso (articulação do ombro) muscular - início é geralmente sutil

A longo prazo (proteger) claudicação, que piora com a atividade

Separação forçada (conhecida como uma avulsão) ou fratura do tend?o do músculo supraespinhoso (tend?o que liga a escápula / osso da escápula com o úmero / osso do membro superior)
Sinais são semelhantes aos de mineralização do tend?o supra-espinhal.
Deterioração e cicatrizes (conhecida como contratura fibrosa) do músculo do ombro - geralmente súbita (agudo) começo, que ocorrem durante um período de intenso exercício ao ar livre (tais como a caça).
Lameness ombro e ternura desaparece gradualmente dentro de duas semanas
N?o tratada, condição resulta em longo prazo (proteger), claudicação persistente, geralmente ocorrendo 3 para 4 semanas depois; pode não ser particularmente doloroso para o cão
Diminuição da massa muscular do músculo infra- (atrofia muscular)
Quando o paciente está andando, menores oscilações de membros em um arco de distância do corpo, como a pata está avançada

Causas

Trauma indireto ou direto é um provável culpado
Lesão por esforço repetitivo (trauma indireto) é a causa mais comum
Esforço excessivo e / ou fadiga
Mau condicionamento antes de realizar atividades esportivas (Eu, falta de exercício anterior, excesso de peso, ou preparação imprópria)

Diagnóstico

Raios-X ser?o necessários para determinar o que está errado com o ombro. Ultra-som e ressonância magnética (MRI) podem ajudar a identificar les?es musculares, bicipital tenossinovite, e ruptura do tend?o do bíceps. Também é útil para determinar a localização de densidades de cálcio perto do sulco intertubercular, onde a cabeça longa do bíceps encontra na parte superior do úmero. Um toque comum e análise do líquido a partir da articulação ajudará a identificar intra-articular (dentro da articulação) doença. Uma exploração artroscópica da articulação do ombro vai ajudar a diagnosticar tenossinovite bicipital, ruptura do tend?o do bíceps, e vai confirmar ou descartar a doença intra-articular. Este método de diagnóstico é realizado através de um artroscópio, um endoscópio especialmente quipados, que é um dispositivo tubular que pode ser inserido dentro da articulação, a fim de remover o líquido, tecido, ou outro material para análise. Ele inclui uma câmera para inspeção visual, e pode ser equipado com ferramentas para remoção de amostras, e para o tratamento da cavidade ou a estrutura interna.

Tratamento

Se a doença é grave longo prazo o seu cão vai precisar de ser hospitalizado para a intervenção cirúrgica. Se a condição não é grave, seu cão pode ser tratada em nível ambulatorial, especialmente se o problema da articulação do ombro foi encontrado no início.

Com tenossinovite bicipital (inflamação do tend?o e bainha em torno do tend?o do bíceps), há uma 50-75 por cento de chance de sucesso com o tratamento médico. A cirurgia é geralmente necessária quando houver evid?ncia de longo prazo (proteger) mudanças e falta de resposta a não-invasivo tratamento médico. Ruptura do tend?o do músculo bíceps geralmente requer cirurgia. Mineralização do tend?o do músculo do ombro pode ser um achado incidental. Esta condição pode exigir cirurgia após a exclusão de outras causas de claudicação e tentar o tratamento médico. Separação forçada (avulsão) ou fratura do tend?o do músculo do ombro, muitas vezes requer uma cirurgia por causa de irritação persistente fragmento ósseo do tend?o. Deterioração e cicatrizes do músculo do ombro requer cirurgia.

Embalagem de gelo (conhecida como crioterapia) imediatamente após a cirurgia pode ajudar a reduzir a inflamação e inchaço no local da cirurgia. Terá de ser realizada cinco a dez minutos a cada oito horas durante tr?s a cinco dias após a cirurgia, ou como indicado pelo veterinário do seu cão. Massagem regionais e amplitude de movimentode exercíciospode melhorar a flexibilidade e diminuir a perda de massa muscular (atrofia muscular) após o período inicial de recuperação. Seu veterinário irá aconselhá-lo sobre quando deve começar a fisioterapia com seu cão.

Tratamento médico exigirá confinamento rigoroso de quatro a seis semanas. Após a cirurgia, quanto a atividade do seu cão pode participar depende do procedimento realizado; veterinário do seu animal de estimação fornecerá instruções sobre a atividade pós-operatório e restrições. É importante seguir os protocolos de seu veterinário de recuperação de perto para evitar uma recorr?ncia ou piora da saúde física do seu cão. Um regresso prematuro á atividade normal provavelmente vai piorar sinais e levar a um longo prazo (proteger) condição.

Controle de peso será uma parte de cuidado do seu cão a longo prazo, bem, de modo que o excesso de pressão sobre o membro não agravar os tend?es. Dependendo do peso inicial do seu cão, seu veterinário pode recomendar uma dieta rigorosa para perder peso, ou simplesmente uma dieta de manutenção para evitar ganho de peso.



internet

O conteúdo presente no texto acima é responsabilidade dos Autores citados


Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:



Letras de Música com temas Animais:

bullet  Anjo e serpente

bullet  Asa a Cobra

bullet  Televisão de cachorro

bullet  Rato de academia

bullet  Vaca estrela e boi fubá

Ver todas as Músicas

Dicas Veterinárias:

bullet  Gatinha não brinca

bullet  Doenças funcionais

bullet  Como agir se meu cachorro tiver um ataque epilético

bullet  Erupção cutânea devido ao contato com substâncias irritantes ? cães

bullet  Neurectomia dos nervos digitais

Ver todas as Dicas Veterinárias

Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores

bullet  Av. Brasil 1772, Jd. Chapad?o Campinas/SP * ATENDIMENTO 24HRS * (ao Lado do posto Shell cruzamento com a Imperatriz Leopoldina x Francisco josé de Camargo Andrade) (19) 3212 2601 (19) 9822 3758 contato@edosbichos.com.br

bullet  Roberto Delort A. Leite e Laura Celi de Souza Silva 

bullet  Revista Cães e cia

bullet  Carlos Artur Lopes Leite é médicoveterinário graduado pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e especialista em Micologia Médica pela Carl von Ossietzky Universität (Alemanha). É também mestre em Medicina e Cirurgia Veterinárias pela UF

bullet  Priscila Thomazelli Atleta, Amazonas, Instrutora e Treinadora de Equitação Engenharia Civil, de Segurrança do Trabalho, Meio Ambiente e Qualidade (11) 9 9944-2168 www.dressagearteequestre.com

Confira todos os Colunistas



Cinema, Filmes e Seriados:

bullet  A fuga dos homens pássaros (the birdmen)

bullet  Tubarao ii

bullet  A vida dos peixes (la vida de los peces)

bullet  O cavalo amarelo (marple: the pale horse)

bullet  O pássaro azul the blue bird

Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bullet  Cães de guerra

bullet  Enfermidades dos cavalos

bullet  Urologia e nefrologia do cão e do gato

bullet  Gato viriato

bullet  O gato de botas

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br & - Todos os direitos reservados - Créditos