Digite aqui a palavra-chave.






Redes Sociais
pinterest


Instagram

Home Page > Dicas Veterinárias > Hemograma: entenda um pouco mais sobre esse importante exame

pinterest



Hemograma: entenda um pouco mais sobre esse importante exame


Um dos exames de sangue mais realizados na clínica veterinária é o hemograma completo com pesquisa de hematozoários. Esse exame, somado a clinica do animal, é muito utilizado na rotina de trabalho dos colegas veterinários para uma primeira avaliação da condição geral do animal.

O hemograma compreende a série vermelha, branca e pesquisa de hematozoários. 
 


1) ERITROGRAMA (SÉRIE VERMELHA)


Os eritrócitos (hemácias) servem como veículos de transporte mediante a aquisição de oxigênio no pulmão, carreando o O2 para as células desprovidas de oxigênio, trocando e carreando o dióxido de carbono de volta aos pulmões para liberação via expiração.


A hemoglobina é o principal componente dos eritrócitos e é responsável pelo transporte de oxigênio e dióxido de carbono. Esse ciclo é contínuo e repetido por toda a vida do eritrócito. Os eritrócitos são descritos pelo seu tamanho, formato e grau de palidez central.


O hematócrito (HT) refere-se à percentagem ocupada pelos glóbulos vermelhos no volume total de sangue. Caso o valor seja inferior à média, significa que existe pouca quantidade de glóbulos vermelhos circulantes. Podem ser obtidas alterações falsas como a diminuição do HT devido a excesso de EDTA, amostras velhas sem refrigeração ou refrigeradas por longos períodos ou quando são utilizados anestésicos ou métodos de contenção química do paciente causando encarquilhamento celular. 
Caso o HT apresente valor superior à média, significa que existe uma quantidade maior de glóbulos vermelhos para o volume de sangue, podendo ser falsamente aumentado quando o animal se encontra desidratado ou a coleta do sangue tiver sido realizada sob situação de excitação ou stress. Assim também os processos induzidos pelo exercício são refletidos em alterações nos constituintes do sangue. O volume globular (VG), valores de proteínas totais plasmáticas, da concentração de hemoglobina e na contagem total de hemácias aumentam conforme a intensidade do exercício, sendo que pode haver discretas reduções nos valores destes parâmetros após o repouso. Essas elevações nos valores do eritrograma estão relacionadas com a contração esplênica devido à maior necessidade de oxigenação.


O aumento do VG e da concentração plasmática de proteínas, após exercício intenso, também foi observado e estão relacionados com o fato de que o exercício altera o volume plasmático, pelo deslocamento de líquido intravascular para o interstício, acrescido também da perda de líquido pela sudorese.

ÍNDICES HEMATIMÉTRICOS
Pela contagem de eritrócitos, hemoglobina e hematócrito do paciente, os índices hematimétricos são calculados através de fórmulas, sendo úteis para classificação das anemias e suas respostas.


 


VCM: Volume Corpuscular Médio - indicador do tamanho celular quando comparado com valores de referência espécie-específicos. Permite a classificação celular em macrocitose, microcitose ou normocitose.
HCM: Hemoglobina Corpuscular Média - indicador do conteúdo médio (massa) de hemoglobina em um eritrócito individual.
CHCM: Concentração de Hemoglobina Corpuscular Média – indicador da concentração média de hemoglobina nos eritrócitos individualmente. Permite a classificação celular em hipocromia ou normocromia. 


TERMINOLOGIA HEMATIMÉTRICA 
Vários termos são usados para descrever as variações hematimétricas dos eritrócitos e sua morfologia. 


 


Anisocitose: É a existência de hemácias de tamanhos diferentes numa mesma amostra de sangue. É encontrada em casos de anemias e outras doenças sanguíneas. No caso de equinos, a presença de anisocitose já classifica uma anemia como regenerativa.


Hemácias crenadas: Possuem múltiplas protrusões de extremidade distribuídas uniformemente por todo eritrócito. Tal alteração está presente em distúrbios metabólicos, hepatopatias, doenças hemolíticas, uremias e também pode ser causada por erros em armazenamento e transporte da amostra.


Células Alvo: Possuem palidez central que proporcionam às células uma aparência “em alvo”. Costumam ser observadas na doença hepática, anemias ferroprivas e algumas respostas às anemias hemolíticas.


Corpúsculos de Howell Jolly: São inclusões celulares roxo-escuras; resquícios de fragmentos de cromatina nucleares frequentemente encontrados em pacientes com anemia responsiva com distúrbios esplênicos e em pacientes esplenectomizados.


Corpúsculos de Heinz: São inclusões em azul claro, formadas no eritrócito quando a hemoglobina se precipita, o que pode ser resultado de lesão oxidativa.


Células em Rouleaux: São eritrócitos que se aparentam como moedas empilhadas. Frequentemente tal achado está associado à doença inflamatória ou quando a amostra se encontra muito hemolisada.


 


2) LEUCOGRAMA (SÉRIE BRANCA)


 


Avalia as células brancas (leucócitos). A contagem diferencial é feita no esfregaço sanguíneo, permitindo a contagem das células e visualização de sua morfologia. 


 


 



Neutrófilos: Atuam na primeira fase de processos infecciosos. São classificados de acordo com sua idade, em mielócitos, metamielócitos, bastonetes e segmentados, sendo que, em casos de intenso processo infeccioso há o DNNE (desvio à esquerda, ou seja, presença de células mais jovens na circulação).Em processos tóxicos ou infecciosos graves, pode haver presença de grânulos negros dispersos no citoplasma (granulações tóxicas).


Linfócitos: Defesa imunológica e desempenham papel importante na formação de anticorpos. Diminuem na fase inicial de um processo infeccioso e reaparecem na fase final. 


 


Monócitos: Estão presentes em esfregaços de sangue de animais acometidos porerliquiose, histoplasmose ou leishmaniose. Geralmente há aumento de monócitos em processos infecciosos crônicos.


 


Eosinófilos: Presentes em reações alérgicas e anafiláticas e patologias que acometem o sistema respiratório. Desaparecem da corrente sanguínea em situações de stress e reaparecem no período de convalescência. 


 


Basófilos: Fonte de mediadores da inflamação, liberam anticoagulante nas áreas de inflamação, evitando coagulação e estase do sangue e linfa.


 


 


3) PESQUISA DE HEMOPARASITAS


Alguns parasitas sanguíneos podem ser encontrados nos esfregaços de sangue periférico, sendo os mais comuns encontrados  Babesia sp e Ehrlichia sp.


 


Vale lembrar que a presença de artefatos de coloração podem ser confundidos com hemoparasitos, portanto é importante a realização da leitura de um esfregaço pelo Laboratório através de um profissional altamente qualificado e experiente.



http://laboratoriodelort.blogspot.com.br/

O conteúdo presente no texto acima é responsabilidade dos Autores citados

Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:



Deixe seu comentários :






Profissionais Colunistas


bullet   Juliane Seixas Juliane Seixas Website.: www.facebook.com/veterinariadrajulianeseixas Graduada pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná, PUC/PR. Atua como plantonista na área clínica e cirurgica de animais de companhia CRMV: 11430 / PR Con

bullet  Maira Rezende Formenton
tel 011 3862 6398
www.fisioanimal.com

bullet  https://dicaspeludas.blogspot.com.br/2017/04/quantidade de agua que o cao deve.html

bullet  Archivaldo Reche, professor de veterinária da USP.

bullet  Manuelle Audino Rodrigues de Sá Médica veterinária CRMV 25073 fisiopet@yahoo.com.br

Confira todos os Colunistas

Sugestão de nomes para filhotes:



bullet  Isaura bullet  Wapabullet  Jujubullet  Luciferbullet  Zedy
Confira todas as sugestões de nomes



Perguntas mais frequentes


bullet  Como incluir notícias de seus clientes ?

bullet  Como ajudar o ConteudoAnimal.com.br ?

bullet  As informações no ConteudoAnimal.com.br substituiem consulta veterinária?

bullet  Conteudo Animal são gratuítos aos leitores ?

bullet  Quantas pessoas acessam o conteudoanimal.com.br, diariamente, mensalmente, anualmente ?

Ver todas perguntas mais frequentes

Dicas Veterinárias:


bullet  Cardiomipatia dilatada genetica em cães

bullet  Cachorrinha implica com a vassoura

bullet  Cães e gatos podem viver juntos, sim!

bullet  Qual quantidade de água que o cão deve ingerir por dia?

bullet  Deficiência de piruvato-quinase, em cães

Ver todas as Dicas Veterinárias

Letras de Música:


bullet  Majestade, o sabiá

bullet  Gita

bullet  A tartaruga tatiana rocha

bullet  Um filho e um cachorro zeca baleiro

bullet  Vagalume pato fu

Ver todas as Músicas

Cinema, Filmes e Seriados:


bullet  Um peixe fora d água (mr baseball)

bullet  Flipper (1996)

bullet  O cavalo amarelo (marple: the pale horse)

bullet  O gato de madame

bullet  A verdadeira história do gato de botas (la véritable histoire du chat botté / the true story of puss n boots)

Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bullet  Um gato entre os pombos

bullet  Livro dos passaros magicos, o

bullet  A perigosa vida dos passarinhos pequenos

bullet  Vira-lata? não! também sou cachorro

bullet  Amazonas aguas, passaros, seres e milagres

Ver todos os Livros

Declaração Universal dos Direitos dos Animais



Curiosidades do dia a dia :

bullet  macaco --> instrumento que auxilia levantamento do carro para reparro homem feio pilar que leva apenas 2 tijolos (velho) pessoa com experiência dispositivo usado para graduar e esticar a tensão de cabos e correntes fixas

bullet  Matar Cachorro a Grito --> Encontrar-se numa situação desesperada

bullet  Nome de Famosos --> Paulo Coelho,

bullet  Cachorro Quente --> Tipo de Sanduíche

bullet  Peixinho --> Movimento de salto para tocar, ou segurar a a bola abaixo da cintura (futebol, voley)

Confira todas as curiosidade do cotidiano



Encurtador de URL:

URL:

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br & - Todos os direitos reservados - Créditos