Home Page > Dicas Veterinárias > Você sabia que o uso do ultrassom facilita e agiliza na obtenção de informações sobre o seu animal?

Você sabia que o uso do ultrassom facilita e agiliza na obtenção de informações sobre o seu animal?


O  ultrassom  é uma forma de imagens que nos permite visualizar por dentro do corpo do seu animal, sem  cirurgia. É uma técnica completamente não invasiva. A máquina de ultrassom emite ondas sonoras no corpo do animal, registra os ecos, e os ecos dessas ondas sonoras formam uma imagem do que está acontecendo dentro dele.


 O uso do ultrassom pode nos dar informações sobre órgãos no tórax, no abdômen, no coração, nos olhos e tendões, por exemplo. Para animais de estimação, os  exames  mais solicitados são as ultrassonografias abdominais e o ecocardiograma que é o ultrassom do coração. Ele (ultrassom) nos permite avaliar o tamanho e a textura dos órgãos de uma forma 3D (tridimensional). Um ultrassom pode mostrar anormalidades na superfície dos órgãos, bem como mudanças dentro deles.
 
   Para um animal de estimação, essa informação pode ser valiosa para decidir:
 
- Fazer biópsias
 
- Fazer uma cirurgia ou não
 
- Obter informações úteis de doenças específicas
 
- Fazer exames de sangue mais específicos
 
  A ultrassonografia possui varias aplicações, como método de diagnóstico em várias espécies, especialmente no exame do aparelho reprodutor. Dentre as vantagens da técnica está o fato de não ser  invasiva, relativamente simples de ser efetuada, segura para o animal e para o operador, poder ser realizada a campo e fornecer diagnósticos imediatos. Até o início do uso da ultrassonografia em  medicina veterinária, a avaliação semiológica do trato reprodutivo, e particularmente dos ovários de grandes animais, estava limitada aos achados oriundos da técnica de palpação retal, vaginoscopia e de técnicas invasivas, como a laparotomia e laparoscopia. As limitações dessas técnicas são evidentes. No caso da palpação retal, pela subjetividade ou inexatidão na avaliação dos parâmetros e pela eventual lesão tecidual ocasionada pelos processos de laparotomia e laparoscopia.
 
O estudo da atividade folicular e luteal, após o abate ou retirada do órgão, impossibilitava o monitoramento seqüencial das estruturas ovarianas ao longo do ciclo estral. A ultrassonografia transretal, permitiu a superação de grande parte destas limitações por ser uma técnica não-invasiva e permitir a visualização de estruturas de maneira bem correlata à imagem de seu corte anatômico. A técnica de ultrassonografia transretal demonstrou ter diversas aplicações na avaliação morfológica e funcional do aparelho reprodutor feminino em eqüinos e bovinos, e também em outras espécies. O uso do ultrassom possibilitou grandes avanços no estudo da fisiologia ovariana, particularmente na caracterização do padrão de crescimento folicular, desenvolvimento, manutenção e regressão luteal, e ocorrências durante a fase inicial da gestação.
 
A utilização da ultrassonografia é um dos maiores avanços no campo da reprodução animal. O exame ginecológico mais acurado e detalhado, o diagnóstico de gestação precoce, a sexagem fetal, o diagnóstico de patologias no útero e ovários e o processo de aspiração folicular para produção de embriões “in vitro” são apenas alguns exemplos do potencial desta técnica, que além de não invasiva, obtem resultados precisos, rápidos e precoces. Com certeza uma das principais ferramentas no auxilio a uma boa eficiência. A ultrassonografia pode nos fornecer, além de estruturas imperceptíveis a outros métodos de diagnóstico, a estrutura interna dos órgãos reprodutivos e também do concepto, com precisão de mensuração e outras características além de outros exames.
 
Para que tenha reais condições de proporcionar ganhos de desempenho reprodutivo, é essencial que quem esteja manuseando o equipamento seja realmente capacitado para tal. Capacitação que se inicia pelo correto manuseio do equipamento e genital, interpretação correta das imagens geradas na tela e principalmente a tomada de decisão correta e exata frente a estas informações e esta nova realidade proporcionada pelo uso da tecnologia.
 
 
A ultrassonografia revolucionou a avaliação do genital de fêmeas de grande porte. Com esta técnica foi determinado o padrão de desenvolvimento folicular que auxiliou o desenvolvimento de procedimentos mais avançadas de manipulação da fisiologia, como superovulação, sincronização de cio, Inseminação Artificial em Tempo Fixo e outras. Além disto permitiu-se melhorar a avaliação de várias patologias e a realização do diagnóstico de outras, antes impossível. É capaz de avaliar de estruturas muito pequenas, a partir de 1mm, não somente na superfície dos órgãos, mas também no interior dos mesmos. Aumentaram as informações que podem ser obtidas, porém não diminuiu a necessidade de conhecimentos sólidos de anatomia, fisiologia e endocrinologia, imprescindíveis para interpretar esta maior gama de achados. Quanto maior o número de informações a serem relacionadas, maior a necessidade de conhecimentos para a elaboração do  diagnóstico  preciso. A ultrassonografia auxilia na geração e necessita de conhecimentos básicos de endocrinologia e fisiologia para quem utiliza a técnica. Somente com estes conhecimentos e habilidade manual, a aplicação da técnica deixará de ser feita de forma empírica e poderá auxiliar no desempenho reprodutivo dos planteis.



http://www.shopveterinario.com.br/artigos/voce sabia que o uso do ultrassom facilita e agiliza na obtencao de informacoes sobre o seu animal/

O conteúdo presente no texto acima é responsabilidade dos Autores citados

Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:

Letras de Música com temas Animais:

bulletO hipopótamo

bulletTô bem

bulletVióla e o carro de boi

bulletAnfíbios belos

bulletCavalo enxuto victor e leo



Dicas Veterinárias:

bulletCachorros podem sofrer com osteoporose

bulletLegg calvé perthes em cães

bulletTumor venéreo transmissível em cães (tvt)

bulletTratando as doenças oculares dos cães

bulletHabituação com a caixa de transporte



Ver todas as Dicas Veterinárias



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores

bullet Kadu Camargo Professor da Pontifícia Universidade Católica do Paraná, responsável pelo G.E.R.E. (Grupo de Estudos em Reprodução Equina PUCPR); Doutorando do Programa de Pós Graduação em Medicina Animal: Equinos, na área da Reprodução Equina da UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul). E mail: kaducamargo@gmail.com Leia mais sobre esse assunto em https://www.revistahorse.com.br/imprensa/cuidados durante a gestacao de eguas os primeiros 60 dias sao os mais criticos/20170410 175102 j086>

bullet Ciro Pinheiro Mathias Franco Medico Veterinário atuante em odontologia eqüina. Cel. (11) 98146666 Email: ciromedvet@ig.com.br>

bullet Marcelo Augusto Especialista em Reprodução Equina CRMV SP 16223 http://www.hippusgenesis.com.br/>

bullet Fabio Nakabashi (parkvet@gmail.com) CRMVSP 5997 Tel.: (19) 32724001 End.: Av. Francisco de Paula Oliveira Nazareth, 559 Parque Industrial Campinas SP http://parkve6.wix.com/parkvet>

bullet silvia c parisi médica veterinária crmvsp 5532>



Cinema, Filmes e Seriados:

bulletO gato mais rico do mundo (the richest cat in the world)

bulletQuigley - um cachorro pra lá de humano (quigley)

bulletPets a vida secreta dos bichos

bulletBatman e robin (1949)

bulletMeu cachorro skip (my dog skip)



Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bulletGato viriato

bulletAtlas colorido de anatomia veterinária do cão e gato

bulletA arca de noé

bulletPassaro-camaleao, o

bulletUm gato indiscreto e outros contos

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos