Home Page > Dicas Veterinrias > Período de chuvas favorece contaminação por leptospirose

Período de chuvas favorece contaminação por leptospirose


Nesta época do ano as chuvas são frequentes, elas refrescam e ajudam amenizar o clima. Mas também representam um alerta para os tutores de cães, quanto à proteção de uma doença que assombra a estação mais quente do ano: a leptospirose.


A doença é causada por uma bactéria, um microrganismo que penetra pela pele, mas que também pode ser ingerido junto com água e alimentos contaminados. Os roedores são os grandes responsáveis pela transmissão da doença através de sua urina, por isso a leptospirose é conhecida como a doença da urina do rato.


Por se tratar de uma zoonose, a doença pode atingir o animal e também o homem. Tornam-se fator de risco para contágio, animais com a imunidade debilitada e filhotes, pela fragilidade. A gravidade da doença depende da bactéria presente e do funcionamento do sistema imunológico do animal.


A transmissão


Geralmente, após períodos prolongados de chuvas, acontecem as inundações, que são propícias à disseminação e permanência das leptospiras no ambiente, já que desse modo não ocorre a evaporação ou absorção, pelo solo, da urina proveniente de animais infectados, servindo assim como fonte de infecção para animais e humanos.


Sintomas nos animais


  • Falta de apetite
  • Vômito
  • Febre
  • Urina de cor amarronzada
  • Alteração da função hepática, que causará icterícia, notada pelo amarelamento das mucosas como olhos, gengivas, pele e outros.

Vacinado previne contágio


Para prevenir o contágio, a orientação de da Jeannye Caovila, médica veterinária do Cães & Gatos Centro Veterinário, é vacinar os cães anualmente. “Oferecemos as vacinas V10, que protege dos principais sorovares que atingem os cães, e as específicas para reforçar a imunidade aos dois sorovares principais da leptospirose. Já para animais que vivem em regiões endêmicas – com maior incidência e risco da doença – o ideal é vacinar o animal a cada seis meses”, explica.


Outras formas de prevenir


  • Como os ratos são atraídos pela ração dos animais, eles podem contaminá-la ao urinar nas proximidades;
  • Deixar o comedouro dos cães em locais altos;
  • Armazene os sacos de ração em recipientes bem fechados ou em locais que dificultem o acesso dos roedores;
  • Evite a contaminação da água e alimentos pela urina do rato;
  • Não acumule lixo no interior ou na porta de casa, pois atraem os ratos;
  • Em épocas de chuvas, evite o contato com as águas de enchentes, pois elas afloram de bueiros que estão infestados de ratos.
  • O homem deve tomar as mesmas precauções para não se contaminar com a doença.

O tratamento


O tratamento preconizado é baseado em antibióticos específicos, sempre com suporte médico. Em caso de complicações no quadro clínico, passa-se para a internação, para tratamento e estabilização das lesões renais e hepáticas causadas por essa doença.


Gatos não adoecem de leptospirose


Os gatos por sua vez, possuem uma resistência natural à doença. Há casos raros, que acarretam em baixa imunidade, como FIV (AIDS felina), FeLV (leucemia felina) ou câncer.


Vacine o seu cão anualmente e tome todos os cuidados para ele não se contaminar com a leptospirose.



http://www.caesegatos.com/dica/periodo de chuvas favorece contaminacao por leptospirose/

O contedo presente no texto acima responsabilidade dos Autores citados

Gostou do contedo animal acima! Ento compartilhe em suas Redes Sociais:

Letras de Msica com temas Animais:

bulletBater das asas

bulletSafado, cachorro, sem vergonha babado novo

bulletBurro De Carga / Carga De Burro

bulletCê topa?

bulletChora viola / pagode em brasília / a coisa tá feia



Dicas Veterinrias:

bulletFuga ao adoecer

bulletA castração e seus benefícios

bulletComo diagnosticar ulcerativa linfangite em cavalos

bulletFlorais: animais também podem usar

bulletDegeneração da córnea em cães



Ver todas as Dicas Veterinrias



Colunistas - Veterinrios que escrevem sobre temas aos leitores

bullet Juliane Seixas Juliane Seixas Website.: www.facebook.com/veterinariadrajulianeseixas Graduada pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná, PUC/PR. Atua como plantonista na área clínica e cirurgica de animais de companhia CRMV: 11430 / PR Cont>

bullet Projeto C?o Moderno Felipe Consentini felipe@caomoderno.com.br>

bullet Helena Monkevic Casarin clinica veterinária Julius 19 996242435 Av. José Pancetti 887 Jd. Aurelia , Campinas/SP>

bullet Mariana LageMarques Médica Veterinária graduada pela Universidade Paulista em 2002. Mestre em Cirurgia pela FMVZUSP em 2008. Sócia Fundadora ABOV (Associação Brasileira de Odontologia Veterinária), 2002. Faço atendimento odontológico móvel. >

bullet Dr. Carlos Artur Lopes Leite é médico veterinário graduado pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e especialista em Micologia Médica pela Carl von Ossietzky Universität (Alemanha). É também mestre em Medicina e Cirurgia Veterinárias pela UF>



Cinema, Filmes e Seriados:

bulletMoby dick

bulletCacados

bulletOlhos de gato (cat s eye)

bulletHarry, o amigo de tonto

bulletAs nove vidas de fritz - o gato (the nine lives of fritz the cat)



Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bulletEnfermidades dos cavalos

bulletExplicação dos pássaros

bulletPassaros sao eternos, os

bulletO homem que amava os cachorros

bulletCama de gato

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Crditos