Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]


Home Page > Dicas Veterinárias > Encontrei um animal! o que fazer?

Compartilhe em suas redes sociais:

Encontrei um animal! o que fazer?



Dados da Organização Mundial da Saúde mostram que, em grandes centros urbanos, há um cão para cada cinco habitantes – cerca de 10% deles em estado de abandono. Em São Paulo, por exemplo, cuja população é de 10 milhões de habitantes, isso significa 100 mil animais sem um lar. Diante deste contexto, na maioria das vezes, encaminhar um animal para um abrigo pode não ser a melhor solução.


Geralmente, todos os abrigos encontram-se super lotados e as ONGs de Proteção Animal em sua maioria contam com poucos recursos e pouca gente para trabalhar, o que inviabiliza a chegada de novos animais.


Em função disso, o destino desses animais depende da ação de pessoas sensíveis e conscientes como você.


Quero ajudar esse animal


Se você  encontrou um animal abandonado, pode ser que ele esteja perdido. Você pode seguir as orientações abaixo:


  • Tente suprir as necessidades primeiras desse animal (água e comida).
  • Coloque cartazes, com a descrição do animal em clínicas veterinárias, pet shops, supermercados, lojas e outros locais de circulação de pessoas na região onde você mora.
  • Fale com os vizinhos e comerciantes do bairro – o dono do animal pode estar fazendo o mesmo.
  • Verifique se alguém deixou anúncio com a descrição do bicho em algum site.

Se o animal não está perdido, ele foi abandonado, então:


1° passo: Encontre pessoas dispostas a colaborar
Ao tentar ajudar um animal em situação de abandono, é comum no primeiro momento se sentir sozinho. Mas não desista, há muita gente sensível como você e disposta a ajudar, cada um de acordo com suas possibilidades. Tente lembrar de amigos, parentes, colegas de trabalho e conhecidos que poderiam colaborar em questões práticas como:


. Espaço para moradia (lar transitório);
. Veículo para eventuais deslocamentos (ex. até um veterinário);
. Tempo para cuidar do animal (ex. pessoa que não trabalhe);
. Recursos financeiros (necessário durante todo o processo);
. Acesso à internet (indispensável para encaminhar o animal).


Cada um pode ajudar com o que dispõe!


2º passo: 
É basicamente um abrigo enquanto você prepara o animal para a doação. O ideal é um espaço seguro e tranquilo. Até que seja examinado e vacinado, é prudente que o animal fique separado de outros bichos.Lar transitório


3º passo: Prepare o animal para adoção
Nessa fase, ele deve passar por um veterinário para ser vacinado, vermifugado e castrado – isso requer algum dinheiro e tempo disponível.


Caso você não conheça um veterinário de confiança, você pode entrar em contato com as ONGs de Proteção Animal e se informar sobre alguma clínica.


4º passo: Divulgue!

Cartaz 
Consulte sua agenda! Veja se lá encontra amigo, parente ou vizinho disposto a adotá-lo, ou mesmo de oferecer um lar transitório. Será sempre mais seguro encaminhá-lo para alguém de confiança.
Muitas vezes, o que funciona é o “boca-a-boca”. Converse com pessoas sensíveis à causa dos bichos.



Contatos dos Autores:
UPAC Fortaleza https://upacfortaleza.wordpress.com/



O conteúdo presente no texto acima é responsabilidade dos Autores citados

Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:



Dicas de Profissionais do ramo pet e agropecuário:


bulletFraturas em répteis

bulletNo inverno, seu pet precisa de atenção especial

bulletVocê sabia que o uso errado da focinheira pode causar sérios danos a seu animal?

bulletDirofilariose canina: uma ameaça para a saúde do homem e dos animais

bulletComo lidar com cães no cio


Ver todas as Dicas de Profissionais



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores



bullet Douglas Frigo
crmv 15675
ki canário pet complex http://www.kicanario.com.br

bullet Prof. Saulo Tadeu Lemos Pinto Filho

bullet dr joão alfredo kleiner dvm, msc especialista em oftalmologia e clínica cirúrgica geral acvo ophthalmology course wisconsin, madison ? 1998 e-mail: docjak@vetweb.com.br

bullet Bruno Tausz(Etólogo)

bullet Mariana LageMarques Médica Veterinária graduada pela Universidade Paulista em 2002. Mestre em Cirurgia pela FMVZUSP em 2008. Sócia Fundadora ABOV (Associação Brasileira de Odontologia Veterinária), 2002. Faço atendimento odontológico móvel.

Ver todas as Dicas dos Colunistas

Letras de Música com temas Animais:


bulletSaudade da minha terra

bulletPassaro Ferido

bulletGavião mestre ambrósio

bulletCaminheiro

bulletVoa, canarinho, voa

Ver todas as Letras de Músicas

Cinema, Filmes e Seriados:


bulletCondorman - o homem pássaro (condorman)

bulletProcurando nemo

bulletMulher-gato (catwoman)

bulletNo olho do gato (dans l oeil du chat)

bulletMeu maior amigo


Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bulletCrianca, cachorro que fala!

bulletO gato e a revolução

bulletVira-lata? não! também sou cachorro

bulletCães de guerra

bulletFalando de passaros e gatos

Ver todos os Livros

Dinheiro / Notas Animais



Garoupa
R$ 100

Beija flor
R$ 1

Garça branca grande
R$ 5

Arara vermelha
R$ 10

Mico leão-dourado
R$ 20

Onça pintada
R$ 50

Tartaruga-de-pente
R$ 2

Ver todas as Notas e Moedas

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos