Home Page > Dicas Veterinárias > Como resgatar um cão da rua?

Como resgatar um cão da rua?


O abandono de animais não é só um problema da esfera pública, mas de toda a sociedade. E você pode ajudar a minimizá-lo, se der a um bichinho uma nova chance.


Eles estão em todos os lugares: perto de lanchonetes – onde não raramente são enxotados -, pontos de ônibus, no meio de avenidas arriscando suas vidas, e parecem ser invisíveis para a maioria das pessoas.


São os cães de rua, vítimas do abandono, da guarda irresponsável, descartados como se fossem um móvel velho sem mais utilidade. De fato, é de cortar o coração de quem gosta de animais e convive com eles em seu lar.


Se você se compadece com essa situação e tem vontade – e condições – de retirar um cachorro indefeso das ruas, saiba como proceder para que haja um final feliz.


Aproximação


Alguns animais estão sempre em estado de alerta; são maltratados, às vezes, até espancados, e por isso, não veem com bons olhos a aproximação de uma pessoa, mesmo que ela tenha boas intenções. Se achar que o cachorro não está com uma cara amistosa, vá com calma e não demonstre nervosismo; cães percebem facilmente o estado de uma pessoa.


Fique a uma certa distância do cão, agachado, para ficar no mesmo nível dele, e coloque alguma ração no chão. Espere que coma, e se aproxime aos poucos para oferecer mais comida. Quando achar que já tem alguma confiança do animal, deixe que ele coma na sua mão e, em seguida, faça um carinho no peito.


Assim, gradativamente, sem assustar o cachorro, mostre a guia para ele, deixe que a cheire, e só a coloque se tiver certeza de sua receptividade.


Veterinário


Antes de levar o bichinho para sua casa, vá ao veterinário para que ele possa avaliar o estado de saúde do animal, estimar sua idade, e principalmente, esterilizá-lo, vaciná-lo e vermifugá-lo. Essas medidas são importantes tanto para a saúde do cão como para a sua e a dos seus pets, pois muitas doenças são transmitidas para o homem e, claro para os outros animais.


Lar temporário


Não deixe o cachorro junto com os outros pets, isole-o num cômodo da casa, com água, comida e caixa sanitária até que ele esteja saudável, caso seja constatada alguma enfermidade. Também é possível hospedá-lo em pet shops e hoteizinhos, onde serão cobradas diárias.


Não leve a abrigos; eles estão sempre lotados e contam com poucos recursos. Se realmente quer ajudar um bichinho, esteja ciente de que ele vai consumir parte do seu tempo e orçamento.


Divulgação


Se não puder ter mais um bichinho na casa e decidir doá-lo, divulgue na internet. Uma boa opção são as redes sociais, como facebook e twitter. Há também vários sites de adoção em todo Brasil, mas temos o maior sistema on-line de adoção do Brasil, aqui mesmo no site da ANIMAIS.O.S gratuitamente, onde em 3 anos, já foram adotados mais de 11.000 cães e gatos. Para saber mais e acessar, basta acessar no menu superior “ADOÇÃO”. Não se esqueça de tirar uma foto do cão informar a idade estimada, sexo e raça.


Guarda responsável


É preciso muita cautela na hora de doar o bichinho. Muitos, na ânsia de se livrarem do animal e não ter mais despesas adicionais, simplesmente o “empurram” ao primeiro interessado que aparece, sem verificar as condições do futuro dono, onde mora, se todos os moradores estão de acordo com a adoção, se já possui outros animais etc.


Por isso, tenha certeza de que o cachorro será bem-acolhido: os da raça pit bull, por exemplo, são procurados por pessoas que promovem rinhas ou empresas que os utilizam como cão de guarda. Então, não se precipite. Entregue o cão somente no endereço do adotante e deixe claro que ele pode devolver o animal, caso não haja adaptação. Isso evitará um novo abandono.



https://upacfortaleza.wordpress.com/artigos/como resgatar um cao da rua/

O conteúdo presente no texto acima é responsabilidade dos Autores citados

Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:

Letras de Música com temas Animais:

bulletFaca de combate

bulletVendi os bois

bulletPonbinha branca

bulletPedra e Areia

bulletCaminheiro



Dicas Veterinárias:

bulletCorrimento nasal em cães

bulletAdestramento Cão

bulletLeishmaniose visceral

bulletProfissão tosador, ou melhor, groomer

bullet25 alimentos humanos tóxicos aos cães



Ver todas as Dicas Veterinárias



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores

bullet Janaína Biotto, médica veterinária e diretora do Vila Chico Pet Hotel www.vilachicopethotel.com.br.>

bullet Fábio Brito do http://vida estilo.estadao.com.br/blogs/conversa de bicho/festa junina e pets diversao com seguranca/>

bullet Maira Rezende Formenton
tel 011 3862 6398
www.fisioanimal.com>

bullet Camila Mello, adestradora franqueada da C?o Cidad?o>

bullet Dr. Ciro Pinheiro Mathias Franco Medico Veterinário atuante em medicina e odontologia eqüina. Cel. (11) 9814 6666 E mail ciromedvet@ig.com.br www.dentistadecavalo.com.br>



Cinema, Filmes e Seriados:

bulletBud, o cão amigo - air bud

bulletFeito cães e gatos (the truth about cats and dogs)

bulletUm peixe fora d água (mr baseball)

bulletQuigley - um cachorro pra lá de humano (quigley)

bulletTarzan



Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bulletGato que gostava de cenoura

bulletNo meu peito não cabem pássaros

bulletPássaros amarelos

bulletSinopse do livro 97 maneiras de fazer seu cachorro sorrir

bulletVira-lata? não! também sou cachorro

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos