Home Page > Dicas Veterinárias > Ração, como armazenar de forma correta

Ração, como armazenar de forma correta


 


É muito comum termos um cuidado até exagerado com nossos cães e gatos, mas na hora de guardar a ração…


Já visitei muitas casas onde é comum vermos a ração armazenada no espaço que sobra e de preferência no cantinho, longe da vista, para não “enfeiar” o ambiente. No canto da cozinha, perto da geladeira ou do fogão; no armário embaixo da pia; na lavanderia, atrás do cesto de roupas; no quartinho dos fundos; no quintal… Os lugares são muitos e alguns são surpreendentes. Mas nem todos são adequados e aí…


Isso pode gerar problemas, que vão desde uma simples rejeição da ração pelo cachorro ou gato, rações mofadas ou até o aparecimento de bichos e larvas.


Manter na embalagem ou colocar em um recipiente / container de armazenamento?


Existem diversos containers no mercado para armazenamento de ração, muitos deles de excelente qualidade. No entanto, pense neles como um bom complemento à embalagem e não como um substituto.


As embalagens são pensadas para ajudar a manter a temperatura correta, o cheiro da ração, além de serem uma garantia, caso, por algum motivo, seja necessário contactar o fabricante para uma troca.


Já os containers, ajudam a isolar o conteúdo da embalagem de possíveis ameaças, como: moscas, ratos, baratas e, até mesmo, água, umidade ou excesso de calor.


Bom, agora que já temos uma noção básica do assunto, vamos organizar as idéias:


1o – Nunca, NUNCA tire a ração da embalagem do fabricante


– As embalagens são feitas para conservar as rações. Elas ajudam não somente a evitar que o cheiro saia, quando bem lacrados os sacos, como também, auxiliam na questão da temperatura e umidade, além de evitarem que moscas e insetos tenham contato com o conteúdo;


Obs: Manter o conteúdo na embalagem facilita, caso seja necessário acionar o fabricante para uma possível troca quando a ração estraga.


2o – Mantenha bem lacrado


– Os cães e gatos são atraídos muito mais pelo cheiro do que pelo paladar. Quando deixamos uma ração armazenada sem lacrarmos direito, além de incorrermos no perigo de termos todo o conteúdo contaminado por uma mosca, rato ou outros animais, a comida perde um dos principais chamarizes para nossos pets, o cheiro.


3o – Não deixe diretamente no tempo. Sol, chuva, muito calor ou muito frio não são legais.


– Deixar a ração em contato direto com o sol ou chuva ou em locais muito quentes ou frios não é bom. Lembre, ração não é planta, ok? Não precisa do sol da manhã e nem de um pouquinho de chuva, ainda que bem lacrada e dentro da embalagem ou recipiente. Fique atento às indicações na embalagem sobre a temperatura média ideal.


4o – Direto no chão ou em contato com a parede NÃO.


– Quando deixamos o saco diretamente no chão ou encostado na parede as chances de termos problemas de mofo devido a umidade aumenta. Então, coloque a ração em cima de um banquinho e sem apoiá-la na parede.


5o – Cuidado com os furos no saco.


– Cuidado para não bater o saco em algum local e causar pequenos furos. Aqueles quartinhos não muito movimentados podem ter ratos ou outros bichos que furem o saco. Atenção até mesmo para os seus pets, pois alguns gostam de fazer um furinho no saco para aquela refeição fora de hora.


– Esses furos são porta de entrada para umidade, moscas e outros bichos que podem ocasionar mofo ou até mesmo larvas na ração.


Dica: Mantenha na embalagem, colocando ou não em um porta ração. Feche bem para não entrar bichos ou sair o cheiro, nada de contato direto com o chão ou parede e nada de sol ou chuva. Embalagens furadas são perigosas e inapropriadas.



http://racaonaporta.com.br/?p=529

O conteúdo presente no texto acima é responsabilidade dos Autores citados

Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:

Letras de Música com temas Animais:

bulletPolícia, bandido, cachorro, dentista sérgio sampaio

bulletPassaro de fogo e

bulletCarneirinho, carneirão

bulletMimoso

bulletLaçador de cachorro tião carreiro e paraíso



Dicas Veterinárias:

bulletA superprodução de estrogênio em cães

bulletO câncer de língua (carcinoma de células escamosas) em cães

bulletAminoácidos na nutrição equina

bulletAie :anemia infecciosa equina

bulletOzonioterapia no reparo de fraturas na medicina veterinária



Ver todas as Dicas Veterinárias



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores

bullet Rafael Senos Médico Veterinário UFF Mestrando USP Técnico em Biotecnologia CEFETEQ RJ>

bullet André Barreto www.andrebarreto.com 1150936244 / 25037333>

bullet Katherine P. Colomba>

bullet Mariana LageMarques Médica Veterinária graduada pela Universidade Paulista em 2002. Mestre em Cirurgia pela FMVZUSP em 2008. Sócia Fundadora ABOV (Associação Brasileira de Odontologia Veterinária), 2002. Faço atendimento odontológico móvel. >

bullet >



Cinema, Filmes e Seriados:

bulletO gato de madame

bulletSeefood um peixe fora d agua (seefood)

bulletAracnofobia

bulletCavalo de guerra (war horse)

bulletO cavalo de ferro (the iron horse)



Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bulletPequenos passaros

bulletUm gato entre os pombos

bulletA volta do gato preto

bulletCrianca, cachorro que fala!

bulletPassaro-camaleao, o

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos