Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]


Home Page > Dicas Veterinárias > O que fazer se meu cachorro mancar

Compartilhe em suas redes sociais:

O que fazer se meu cachorro mancar



Sara Viega

Se ultimamente percebeu que o seu cachorro está mancando, é importante que tente determinar qual é a origem do problema, pois em função disso, o tratamento será um ou outro. Desde fatores leves como uma simples lesão até doenças mais graves como a displasia, são muitos os motivos que podem fazer com que o animal caminhe mancando, por isso, neste artigo de umComo vamos contar o que fazer se seu cachorro mancar indicando as diferentes opções existentes para ajudar o seu melhor amigo a ficar melhor.


 
Também lhe pode interessar: O que fazer se o meu cachorro tiver Leishmaniose
Instruções:
1
Uma das causas mais frequentes de um cão estar mancando é que tenha algum objeto estranho preso nas patas, principalmente se esteve correndo por um bosque. Pedras, cortes ou feridas são alguns dos motivos para que um cão não caminhe muito bem e isso poderá ser tratado com primeiros socorros, um pouco de álcool e tapar a ferida será suficiente para que não infecte e para aliviar as dores do cachorro.
Se tiver algo preso na pata, você mesmo pode tentar tirar com uma pequena pinça e, depois, desinfetar a ferida com álcool ou água oxigenada. Se a ferida for muito profunda é altamente recomendável que vá a um veterinário para fazer uma incisão e, se necessário, levar pontos de sutura.


2
No entanto, existem outros motivos um pouco mais graves que podem fazer um cão mancar, como por exemplo a artrite canina. Neste artigo explicamos-lhe como saber se seu cachorro tem artrite para poder detectar se é o motivo dele estar mancando. Também listamos alguns remédios caseiros para a artrite canina.
Esta doença aparece quando se inflama uma articulação e, portanto, o animal sente dor e dificuldade para se levantar, mostrando uma atitude bem mais calma e relaxada. A origem desta doença pode ser por uma lesão ou uma deformação congênita, por isso é imprescindível que um veterinário faça o diagnóstico para determinar se pode ser tratada com medicação ou se requer cirurgia.


3
Também é habitual que os cães cheguem a mancar porque tenham algum osso quebrado. Durante os passeios, estes animais costumam estar muito contentes e podem chegar a quebrar alguma parte do corpo, de forma repentina, sem apresentar nenhum sintoma. Se um cão tiver algum osso quebrado, não será capaz de apoiar a pata no chão, sendo bastante comum que reclame quando tocar essa zona.
Neste caso, o que deve fazer se o seu cão tiver a pata quebrada é ir a um veterinário para tratar a fratura e contribuir para a sua recuperação o quanto antes. Este tipo de lesão não pode ser tratada de nenhuma outra forma que não seja com a ajuda de um especialista.



4
Também pode ser que o cão sofra de um deslocamento de algum dos ossos, algo que provocará uma dor intensa já que o osso fica fora do lugar por causa de um golpe ou de uma lesão. Assim como nós que podemos deslocar um ombro, os cães também podem ter este problema, que deve ser tratado de forma imediata pois pode ser que tenha provocado um sangramento interno.
Com o tratamento instantâ;neo, pode chegar a curar o deslocamento de forma completa e que o animal possa desfrutar de uma vida saudável como até agora.


5
Também é possível que o seu cão tenha sofrido uma entorse durante o seu passeio diário. As entorses ocorrem quando um ligamento ou um tendão se lesiona, seja porque dobrou ou esticou mais do que o que podia. É um problema muito comum nos cães e poderá detectá-lo se perceber que o animal não pode apoiar a pata e, além disso, notar que está inchada e um pouco mole. É habitual que apareça inchaço ao redor da zona lesionada.
Se achar que este é o problema, para aliviar a dor é importante que tente reduzir o inchaço. Para isso, o melhor é optar por aplicar uma compressa fria ao redor da pata dolorida ou aplicar gelo enrolado em um pano. Do mesmo modo, será imprescindível consultar um veterinário para que trate a lesão e possa melhorar rapidamente.



 
6
Também é possível que o seu cão esteja mancando porque tem cistos interdigitais. Existem algumas raças de cães que são propensas a ter este tipo de cisto, que podem chegar a infectar devido à presença de bactérias. Nessa hora verá que o animal está mancando, tem a área inflamada e de um tom avermelhado, principalmente na parte superior do pé.
Se o cão for propenso a sofrer deste tipo de cisto, é essencial que o veterinário indique o tratamento a seguir pois, na maioria dos casos, é necessário dar antibiótico ao cão para curar o que já tem. Além disso, existem algumas formas de prevenir o aparecimento destes cistos mas em cada cão é diferente, portanto será essencial que peça a opinião de um especialista.


7
A osteocondrite dissecante da cabeça do úmero (OCD) também é outro fator que pode fazer com que o seu cachorro esteja mancando. Este tipo de problema costuma aparecer principalmente nas raças grandes e/ou gigantes pois ganham peso e crescem de uma forma muito rápida, e isso pode provocar uma sobrecarga nas articulações que façam ele mancar.
Para poder diagnosticar este tipo de doença, é preciso uma radiografia e a opinião de um especialista. As articulações que mais costumam sofrer são os ombros, o cotovelo e o joelho e os primeiro sintomas aparecem entre os 4 e os 8 meses de idade. Este tipo de doença também tem que ser tratada por um veterinário pois requer uma intervenção cirúrgica.



Contatos dos Autores:
https://animais.umcomo.com.br/artigo/o que fazer se meu cachorro mancar 21817.html



O conteúdo presente no texto acima é responsabilidade dos Autores citados

Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:



Dicas de Profissionais do ramo pet e agropecuário:


bulletComo evitar a formação de tártaro em cães

bulletVómitos de sangue em cães

bulletBanho e tosa: 4 maneiras de aumentar o faturamento desses serviços

bulletVocê sabia que o uso errado da focinheira pode causar sérios danos a seu animal?

bulletDor (agudo, crônica e pós-operatória) em cães


Ver todas as Dicas de Profissionais



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores



bullet Kadu Camargo Professor da Pontifícia Universidade Católica do Paraná, responsável pelo G.E.R.E. (Grupo de Estudos em Reprodução Equina PUCPR); Doutorando do Programa de Pós Graduação em Medicina Animal: Equinos, na área da Reprodução Equina da UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul). E mail: kaducamargo@gmail.com Leia mais sobre esse assunto em https://www.revistahorse.com.br/imprensa/cuidados durante a gestacao de eguas os primeiros 60 dias sao os mais criticos/20170410 175102 j086

bullet Paola Christina Ferreira Carneiro Médica Veterinária CRMVSP 8145 Dermatologia e Terapeuta Floral MASTERVET Clínica Veterinária Av. Ângelo Sim?es,1135, Jd. Leonor , Campinas , SP Fone: (19) 32345363 ou 33843323

bullet Rui Miguel Adestrador comportamental telefone/whatsapp 31 994332943 BELO HORIZONTE-MG / CONTAGEM-MG

bullet Rafael Wisneski http://blog.meucaocompanheiro.com/

bullet Rafael Claro Marques (CRMVSP 18.849) é médico veterinário e pósgraduado em Clínica Médica de Pequenos Animais dr.rafael@clinicapontegrande.com.br

Ver todas as Dicas dos Colunistas

Letras de Música com temas Animais:


bulletCobra Sucuri

bulletBanzo

bulletCrocodilo rico os figurantes

bulletPonbinha branca

bulletGalo garnizé luiz gonzaga

Ver todas as Letras de Músicas

Cinema, Filmes e Seriados:


bulletBolt - supercão

bulletJurassic park iii

bulletUm gato em paris (une vie de chat)

bulletBirdman

bulletEu sou a lenda


Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bulletA arca de noé

bulletEnfermidades dos cavalos

bulletCrianca, cachorro que fala!

bulletAves-simbolos dos estados brasileiros, as

bulletEu não sou cachorro, não

Ver todos os Livros

Dinheiro / Notas Animais



Garoupa
R$ 100

Beija flor
R$ 1

Garça branca grande
R$ 5

Arara vermelha
R$ 10

Mico leão-dourado
R$ 20

Onça pintada
R$ 50

Tartaruga-de-pente
R$ 2

Ver todas as Notas e Moedas

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos