Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]


Home Page > Dicas Veterinárias > Confira o que fazer para socorrer uma vítima de ataque de abelhas

Compartilhe em suas redes sociais:

Confira o que fazer para socorrer uma vítima de ataque de abelhas



Ataque de abelhas é algo muito perigoso e saber como socorrer a vítima pode tantosalvar a sua vida quanto amenizar a dor. É preciso ter alguma noção de como proceder nesses momentos e de como evitar que eles aconteçam.


Veja agora algumas dicas do que deve ser feito em caso de um ataque de abelhas e como evitar este inconveniente.


ataque-de-abelhas


Para se prevenir de um ataque de abelhas, evite os locais próximos de colmeias. Foto: Shutterstock


Como evitar um ataque de abelhas


Locais habituais das colmeias: Existem alguns locais que são clássicos para que as abelhasmontem as suas colmeias. Buracos nas paredes, postes e árvores ocos, casas abandonadas e até na beira de edifícios ou dos de telhados das casas tradicionais são os lugares mais “requisitados”.


Evite esses lugares: Se você já sabe que em determinado lugar existe uma colméia de abelhas, evite o local. Não tente passar nem correndo pela região, pois pode intimidar os insetos e causar um grande ataque de abelhas.


Não chame a atenção: Para não causar o interesse ou mesmo a fúria das abelhas, as sugestões são não interagir com elas, não atacá-las e, se possível, evitar perfumes ou produtos que transmitam um cheiro forte.


Fuja: Você evitou, mas não deu, as abelhas notaram a sua presença. O que deve ser feito? Corra, corra que nem Forrest Gump. Se conseguir, corra dentro de alguma plantação realizando zig-zag. E só pare quando tiver certeza absoluta que elas não estão mais atrás de você.


Água: Não tem um plantação por perto nem um ambiente aberto que permita a corrida? Se tiver algum rio ou piscina, mergulhe. Uma das formas mais clássicas de evitar um ataque desses é indo para baixo da água.


O que fazer em caso de ataque de abelhas


Picadas: Se você sofreu apenas uma picada, o ideal é remover o ferrão o mais rápido possível com uma pinça e lavar a região com álcool. Coloque um gelo no local ferido, para não inchar muito. Se você não for alérgico, não sofrerá nenhuma complicação a mais.


Proteja a cabeça: Se sofrer um ataque de abelhas, o mais importante é proteger a sua cabeça. Os efeitos das picadas ao longo do corpo não costumam ser tão graves. Em casos mais desesperados, tire a sua camisa e coloque em torno do rosto.


Casos mortais: A picada de uma abelha pode ocasionar algo mais grave, como a morte, se a pessoa tiver alergia ao inseto ou se forem muitas as picadas. Nesse caso, não tente tirar cada ferrão: chame imediatamente o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) ou, se possível, leve a pessoa ao hospital.


A abelha: Para garantir e evitar qualquer complicação, recolha uma amostra do inseto que efetuou a picada. Isso poderá facilitar o trabalho dos médicos.


Os efeitos: Os principais efeitos da picada em uma pessoa são a dor aguda, queimação e sentimento de calor na região e em alguns casos, dependendo da intensidade, um choque.


Deu pra notar que esses insetos são barra pesada, não é? Não dá para dar chance ao azar. Evite o ataque de abelhas e garanta a sua integridade física.



Contatos dos Autores:
https://fortissima.com.br/2014/08/21/confira o que fazer para socorrer uma vitima de ataque de abelhas 14654251/



O conteúdo presente no texto acima é responsabilidade dos Autores citados

Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:



Dicas de Profissionais do ramo pet e agropecuário:


bulletDegeneração da coluna vertebral em cães

bulletLigamento da articulação do ombro e as condições de tend?es em cães

bulletTártaro, o grande vil?o dos dentes dos cães

bulletPor que cachorros comem grama?

bulletNunca lave seu aquário


Ver todas as Dicas de Profissionais



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores



bullet René Schubert Psicólogo Clínico. Atua como psicanalista em consultório e hospital psiquiátrico. Desenvolve trabalho com Equoterapia na Hípica das Araucárias (Tel:44821983) Contato: schubert_rene@hotmail.com

bullet Archivaldo Reche, professor de veterinária da USP.

bullet Joe Abiko, sou adestrador especialista em comportamento canino.

Whatsapp 44 99887 2134
http://www.caoaeduca.com
Maringa, PR

bullet Rita Ericson http://bichosaudavel.com/meu cao nao quer comer/

bullet Fabiano Gregolin. Administrador de Negócios Mestrando em Comunicação (15) 97776812 fabianogregolin@uol.com.br

Ver todas as Dicas dos Colunistas

Letras de Música com temas Animais:


bulletPássaro da Noite

bulletquadradinho tipo borboleta

bulletDo jeito que a moçada gosta

bulletCobra Criada

bulletClara crocodilo arrigo barnabé

Ver todas as Letras de Músicas

Cinema, Filmes e Seriados:


bulletO miado do gato (the cat s meow)

bulletUma dupla quase perfeita

bulletGodzilla

bulletCavalo de guerra

bulletNas montanhas dos gorilas


Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bulletAtlas colorido de anatomia veterinária do cão e gato

bulletLivro de banho galinha pintadinha

bulletCama de gato

bulletA princesa e o sapo

bulletNosso planeta verde - 100 ótimas propostas para trabalhar na educação infantil

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos