Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]


Home Page > Dicas Veterinárias > A marcha dos muares

Compartilhe em suas redes sociais:

A marcha dos muares


 


src=


Veja uma abordagem simplificada acerca daquilo que se preconiza como o bom andamento do muar e conheça os apontamentos técnicos dentro de uma competição


Para a minha segunda coluna no Portal InfoHorse, optei por discorrer sobre o andamento dos muares, mais especificamente em relação ao movimento marchado. De maneira conceitual, a marcha é um andar natural, espontâ;neo, avante (picada ou batida), com deslocamentos alterados dos bípedes (diagonal ou lateral), intercalados com momentos de tríplice apoio. Nas provas participam tanto animais machos como fêmeas. Saiba mais:


Bruna Velozo


Dalva


Dalva Marques, treinadora e jurada, aborda questões do julgamento em muares marchadores


Durante as competições de marcha são avaliados os seguintes quesitos:
*Gestos de marcha – a qualidade dos movimentos de anteriores,  posteriores e diagrama de apoios, característicos da marcha. Prioriza-se o movimento rolado dos membros anteriores e posteriores, flexionados na medida certa, sem exageros nas articulações para movimentar os membros. Nota-se nos anteriores a definição de um semi-círculo, apresentando movimento avante, com energia e total sintonia com os posteriores. Jarretes com movimentos suaves, progressão horizontal, na medida – nem rasteira, nem elevada.


*Comodidade – Qualidade na movimentação, fazendo com que o animal mantenha seu tronco estável, sem oscilações, para que não transmita nenhum impacto ou desconforto ao cavaleiro – nada de “movimentos parasitas”, lateral ou frontal. Animal levemente apoiado na embocadura, com bom temperamento de sela, tendo disposição para andar, equilibrado nas trocas de apoio, sempre com muita franqueza.


Bruna Velozo


Qualidade


Imagem que evidencia a qualidade na movimentação, uma vez que o animal mantém o tronco estável, sem oscilações


*Estilo – Nobreza nos movimentos, total equilíbrio, harmonia, elegâ;ncia e, sem dúvida, energia do começo ao fim da prova.


*Rendimento – Usa-se um menor número de passadas para percorrer uma distâ;ncia determinada. Característica indispensável para qualquer animal de sela: bom rendimento, com atitude, progressão e equilíbrio.


Silvio Parizi


Regularidade


Regularidade – a mesma toada do início ao fim da prova (ritmo e velocidade)


*Regularidade – Expressa pelo animal de marcha, é uma qualidade para se manter no mesmo ritmo e velocidade, sem alterar os demais quesitos. Mesma toada do início ao fim.

*Resistência – O animal deve manter o mesmo ritmo, desempenho e energia durante o julgamento, mostrando-se íntegro no decorrer da prova.


*Equipamentos – É de livre escolha do cavaleiro o tipo de embocadura e o uso de esporas, desde que usados adequadamente e sem causar dano ao animal.


*Itens desclassificatórios – Animais de má índole, que mordam, pulam, escoiceiam e não permitam serem montados; qualquer tipo de sangramento causados por esporas, barbelas e chicotes; problemas respiratórios, e claudicação (manqueira).


Em resumo, fiz uma abordagem simplificada sobre o que se preconiza como a boa marcha do muar, bem como apontei os pontos negativos dentro de uma competição, sob a análise técnica do jurado. Reitero que o mercado do muar marchador está em franca expansão, haja vista que muitos negócios são feitos nas próprias copas de andamento e nos poeirões, além de vendas constantes em leilões especializados. Reafirmo que um bom muar leva o homem ao progresso!



Dalva Marques http://www.infohorse.com.br/2018/03/18/a marcha dos muares/

O conteúdo presente no texto acima é responsabilidade dos Autores citados

Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:

Letras de Música com temas Animais:

bulletGato fujão cantora sol

bulletÊ boi

bulletBicho cantador

bulletBorboleta

bulletTenente bezerra



Dicas Veterinárias:

bulletCuidados de saúde do seu gato

bulletTele busca e tele entrega: mais valor para a gest?o do pet shop

bulletEscovação

bulletCaracol, veneno isca em cães

bulletIntoxicações alimentares



Ver todas as Dicas Veterinárias



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores

bullet Bruno Tausz(Etólogo)>

bullet Silvana Souza
médica veterinária
crmv-sp 9617
animalcamp
rua d pedro i n? 663; guanabara - campinas/sp
fone: (19) 32425370 ou 97965242
www.animalcampcjbnet
homeovete@yahoo.com.br>

bullet Darby de Lima
darbykpl@hotmailcom>

bullet Kadu Camargo Professor da Pontifícia Universidade Católica do Paraná, responsável pelo G.E.R.E. (Grupo de Estudos em Reprodução Equina PUCPR); Doutorando do Programa de Pós Graduação em Medicina Animal: Equinos, na área da Reprodução Equina da UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul). E mail: kaducamargo@gmail.com Leia mais sobre esse assunto em https://www.revistahorse.com.br/imprensa/cuidados durante a gestacao de eguas os primeiros 60 dias sao os mais criticos/20170410 175102 j086>

bullet UNESCO em Bruxelas, no dia 27 de janeiro de 1978>



Cinema, Filmes e Seriados:

bulletAquele gato danado (that darn cat!)

bulletOlhos de gato (cat s eye)

bulletUm gato em paris (une vie de chat)

bulletO reino dos gatos (neko no ongaeshi / baron the cat baron)

bulletCacados



Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bulletUm gato indiscreto e outros contos

bulletO encantador de cães

bulletPassaros sao eternos, os

bulletVida de cão

bulletA perigosa vida dos passarinhos pequenos

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos