Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]


Home Page > Dicas Veterinárias > Obstrução intestinal em animais.

Compartilhe em suas redes sociais:

Obstrução intestinal em animais.



Entenda o que é obstrução intestinal, quais são os sintomas, o tratamento mais indicado e o principal, como prevenir.

O que é?

A obstrução ou impedimento da passagem do bolo alimentar pelo intestinal.

O que causa?

As obstruções são divididas em simples, geralmente causada pela ingestão de objetos estranhos (chamados de corpos estranhos), ítens não alimentares, que podem ficar alojados em algum lugar do trato intestinal. É muito comum passarem pelo estômago e acabarem alojados no intestino, que é mais fino. Outras causas são a intussucepção (*) ou doença que cause infiltração (*). E em obstrução incarcerada, quando uma alça fica presa ou se torce, estrangulando a passagem de sangue e liberação de gases (normais no intestino), o que faz com que a alça se dilate rapidamente e sofra isquemia (o sangue não chega aos tecidos). Neste caso o quadro se agrava rapidamente, o animal tende a entrar em choque séptico e é considerado uma emergência, pois se não tratado rapidamente, morre.

É transmissível?

Não

Sintomas?

A obstrução simples pode causar vômito, algumas vezes anorexia (o animal não come), eventualmente diarréia, e algumas vezes pode demorar até meses para o proprietário perceber o problema. Quando a obstrução é grande, ela pode causar dano ao tecido, e eventualmente perfuração deste, com extravasamento do líquido, causando peritonite, quando o estado geral do paciente piora gravemente.

A obstrução incarcerada tem um quadro muito mais agudo e grave, e em poucas horas cães e gatos apresentam vômitos, dor abdominal grave e rapidamente entram em depressão.

Como diagnosticar?

O diagnóstico inicial é feito pelo histórico (ingestão de objetos, etc), e exame físico (muitas vezes é possível palpar alterações no abdomen), exame radiográfico irá demonstrar alterações como excesso de gases no intestino, mas nem sempre se vê alterações. O ultrassom é mais sensível para etas afecções. No caso de obstrução incarcerada, muitas vezes o diagnóstico final é feito durante a laparotomia exploratória (cirurgia), que é indicada devido à gravidade e urgência dos sintomas.

Como tratar?

O tratamento é a intervenção cirúrgica imediata. Na obstrução simples, a retirada da causa (corpo estranho, intussucepção, etc) geralmente é suficiente, mas quando há desvitalização dos tecidos, muitas vezes é necessário retirar parte do intestino. No caso da obstrução incarcerada, é necessário solucionar o estrangulamento em si, e é muito comum a necrose de parte do intestino. Estes animais devem ser tratados também para o choque séptico (*), com fluidoterapia agressiva a antibioticoterapia. Quando a porção retirada do intestino é grande, o animal pode desenvolver o que é chamado de síndrome do intestino curto (*).

Como prevenir?

É possível prevenir a ingestão de corpos estranhos pelos animais. Cães, especialmente filhotes, têm o costume de roer e ingerir diversos objetos, inclusive brinquedos vendidos como próprios para animais. Outros ítens comuns são meias, lixo, embalagens de alimentos, camas dee cachorro, sendo que sabugos de milho e rolhas são especialmente importantes por serem de difícil visualização em exames de imagem, sendo mais difíceis de diagnosticar. Gatos por sua vez costumam brincar e ingerir fio (fitas, fios de lã, fios de costura em geral), o que é chamado de corpo estranho linear, que causa alteração específica, fazendo com que as alças sofram plicadura, que implica em maior dificuldade no tratamento. Deve-se evitar acesso a objetos que possam ser mais visados pelos animais, especialmente animais jovens.

Posso pegar?

Não

Agora que você já sabe como ocorre e quais são os sintomas, não esqueça de observar o comportamento do seu pet e sempre que notar alguma diferença, procure um veterinário capaz de oferecer o tratamento e a estrutura necessária para que ele possa encarar essa situação com o menor sofrimento possível.



Contatos dos Autores:
https://clinicastrix.com.br/acidentes domesticos e comportamento/obstrucao intestinal em animais/



O conteúdo presente no texto acima é responsabilidade dos Autores citados

Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:



Dicas de Profissionais do ramo pet e agropecuário:


bulletO homem e os animais

bulletGarrotilho em equinos

bulletDiabetes em cães e gatos

bulletParalisia da mandíbula em cães

bulletInfecção uterina na égua


Ver todas as Dicas de Profissionais



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores



bullet Alexandre Cury Instrutor de Hipismo
centro hípico mirassol
(19) 32460423 ? 91322162
e-mail: mrpccury@uol.com.br

bullet Sergio Lobato é Médico Veterinário, consultor e palestrante em Gestão da Inovação e Marketing em Medicina Veterinária. CRMV 4476. www.sergiolobatopetmarketing.blogspot.com

bullet Carlos Madeiro

bullet Av. Brasil 1772, Jd. Chapadão Campinas/SP * ATENDIMENTO 24HRS * (ao Lado do posto Shell cruzamento com a Imperatriz Leopoldina x Francisco josé de Camargo Andrade) (19) 3212 2601 // (19) 9822 3758 contato

bullet Bruno Tausz(Etólogo)

Ver todas as Dicas dos Colunistas

Letras de Música com temas Animais:


bulletBichos Grandes E Pequenos

bulletA cabritinha

bulletPosição da aranha

bulletVendedor de Jumento

bulletdia de cão

Ver todas as Letras de Músicas

Cinema, Filmes e Seriados:


bulletBatman (1989)

bulletTubarao i

bulletO cachorro (el perro)

bulletO pássaro azul the blue bird

bulletMadagascar i


Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bulletCachorro magro

bulletPássaros amarelos

bulletUm gato entre os pombos

bulletCama de gato

bulletSinopse do livro 97 maneiras de fazer seu cachorro sorrir

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos