Home Page > Dicas Veterinárias > Cinomose e os florais de bach

Cinomose e os florais de bach


no nos pedem que sejamos todos santos , mrtires ou pessoas de renome ; maioria de ns est?o reservados trabalhos menos notveis ; mas s espera que entendamos as alegrias e as aventuras da vida e que cumpramos o quinh?o de trabalho que a divindade reservou para ns e
edward bach cinomose uma doena infecto - contagiosa que, afeta s os ces entre os animais domsticos e outros animais carnvoros selvagens e, est mundialmente distribuda dos animais que apresentam a doena, 60 a 90% morrem, mesmo com o tratamento adequado no transmissvel aos humanos a cinomose causada por vrus que pode ser transmitido a partir do ar e, o perodo de incubao pode chegar a 15 dias o animal pode apresentar: febre, apatia, vmitos, perda de apetite, secreo nasal e ocular e sinais neurolgicos (convuls?es , paralisias , etc) no escolhe sexo ou raa, nem a e poca do ano ocorre mais em ces jovens mas, animais idosos tambm podem se contaminar, se no vacinados a cinomose transmitida atravs de secrees nasais ou da boca, fezes, gua e alimentos, ou seja, por vias respiratrias ou via digestiva a doena evolui em 3 fases : - fase respiratria secrees nasais, pneumonia, tosse, secrees nos olhos, febre - fase gastrointestinal diarria, vmito, falta de apetite febre - fase neurolgica dificuldade de locomoo, tremores musculares, convuls?es e inflamaes no crebro, resultando em alteraes comportamentais ( e s vezes o animal nem reconhece seu dono) os sintomas das 3 fases podem apresentar-se juntos ou separadamente tratamento especfico para a cinomose, no existe no existem drogas especficas contra esse vrus a resist?ncia individual o que mais conta o tratamento feito atravs da deteco e combate aos sintomas a melhor soluo a preveno, ou seja, vacinar corretamente os ces devem ser vacinados anualmente, principalmente os que j tiveram a doena os animais que resistem doena , que conseguem se curar da cinomose, ficam com sequelas para o resto da vida consulte o veterinrio e s ele poder diagnosticar e tratar adequadamente a cinomose florais de bach o uso de flores e plantas no tratamento humano muito antigo pesquisas indicam que as flores j eram utilizadas com este objetivo antes de cristo os aborgenes australianos comiam a flor inteira para obter os seus efeitos tanto os egpcios como os africanos e os malaios j faziam uso das flores para tratar os desequilbrios emocionais h registros que, no sculo xvi para celso j utilizava as ess?ncias florais para tratar desequilbrios emocionais em seus pacientes edward bach ( 1886 e 1936 ) , mdico ingl?s, resgatou o uso da terapia das flores bach, renomado mdico patologista e bacteriologista , atuante por mais de 20 anos em londres, abandonou sua prtica em 1930 para dedicar-se integralmente pesquisa de seu mtodo de cura pelas flores desde cedo, em sua e poca de estudante , interessava-se mais pelos pacientes do que por suas doenas , pois sentia que ocupar-se dos sintomas fsicos no era o bastante todos os remdios usados em seu mtodo de tratamento so preparados a partir de flores , arbustos e rvores silvestres no so prescritos diretamente segundo o mal estar fsico mas sim , de acordo com o estado mental do paciente todo estado emocional negativo gera desequilbrios no indivduo que , acaba tornando-se presa de problemas fsicos, o que no aconteceria se o estado mental fosse de equilbrio os remdios de bach tratam as pessoas e os animais doentes e, no as doenas os florais so produzidos a partir da retirada da energia das plantas de que so feitos o dr bach nos ensinou que , a doena e o sofrimento so sinais de que o paciente possui um aprendizado a realizar, a fim de reconquistar a harmonia e o equilbrio perdidos princpios bsicos das ess?ncias florais de bach - tratam o indivduo e no a doena - sistema simples e natural de cura - nenhuma ess?ncia pode causar danos ou depend?ncias - no h qumica a ess?ncia energ e tica, vibracional - podem ser usadas com qualquer outro tratamento um tratamento complementar e no alternativo - efetividade e a efetividade pode ser observada em indivduos inconscientes, em coma, em crianas, em animais e plantas - sistema de cura completo - as ess?ncias no substituem a medicina veterinria ortodoxa e a exist?ncia evoluo das plantas corresponde a um longo aprendizado de harmonia com as leis do universo o ser humano tambm vive sob estase eleis , por isso que o aprendizado das plantas , simbolicamente , anlogo ao dos homens quando a planta floresce todo o seu aprendizado fica disponvel para o novo ser que ir se formar as ess?ncias florais so , antes de tudo , a experi?ncia da planta em busca de sua harmonia com as leis da natureza e -
regis s mesquita de oliveira florais de bach indicados para ajudar o tratamento do veterinrio para ces com cinomose essa relao no um guia - e , meramente , uma sugest?o consulte o terapeuta floral: - cherry plum trata comportamentos incontrolveis para tratar epilepsia ou convuls?es para tratar incontin?ncia urinria e perda de fezes involuntria - gorse trata a desesperana para animais que tomam anticonvulsivantes - oak para tratar animais que lutam para sobreviver - chestnut bud para aprendizado para melhorar o ritmo lento para tratar erros repetitivos - impatiens trata a impaci?ncia adequado para fases agudas como febre, dor, tenso - heather para tratar animais barulhentos para tratar animais irrequietos - vervain excesso de uforia para tratar animais muito agitados, ansiosos e que no conseguem relaxar para tratar problemas nervosos - estar of bethlehem para tratar efeitos posteriores ao choque pode ser um choque h alguns minutos ou anos para traumas prolongados para choques devido a envenenamentos - honeysuckle para tratar animais que vivem no passado, negativa ou positivamente - larch para qualquer situao em que a confiana do animal tenha sido abalada

internet

O conteúdo presente no texto acima é responsabilidade dos Autores citados

Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:

Letras de Música com temas Animais:

bulletCachorro magro

bulletTartaruga trem da alegria

bullet o bicho

bulletA tartaruga abortou hangover

bulletCobra Venenosa



Dicas Veterinárias:

bulletDermatomiosite em ces

bulletAcne em ces e gatos

bulletPosse responsvel

bulletCachorrinha implica com a vassoura

bulletCranio e anormalidades da medula espinhal em caes



Ver todas as Dicas Veterinárias
Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores

bullet http://www.jornalpet.com.br/>

bullet Sergio Lobato www.sergiolobato.com.br>

bullet Janana Biotto, mdica veterinria e diretora do Vila Chico Pet Hotel www.vilachicopethotel.com.br.>

bullet http://policlinicaveterinaria.com.br/seu cao te olha enquanto faz coco entenda o motivo/>

bullet http://www.zoonoses.piracicaba.sp.gov.br/site/comapalavra/178tumorvenereotransmissivelemcaestvt.html>



Cinema, Filmes e Seriados:

bulletOlhos de gato (cat s eye)

bulletO gato e o violino (the cat and the fiddle)

bulletO cachorro que salvou o natal (the dog who saved christmas)

bulletNetto e o domador de cavalos

bulletO encantador de cavalos / o senhor dos cavalos (the horse whisperer)



Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bulletA volta do gato preto

bulletMarley e eu

bullet4 vidas de um cachorro

bulletPassaros sao eternos, os

bulletLivro definitivo de dicas e sugestoes de jardinagem

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos