Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]


Home Page > Dicas Veterinárias > A pele do cão

Compartilhe em suas redes sociais:

A pele do cão


A pele é o maior órg?o do corpo canino exerce funções evitais para o indivíduo como proteção mecânica; regulação térmica; armazenamento de evitaminas, água; gorduras, proteínas e carboidratos; primeira barreira de proteção contra patógenos externos; produção de melanina pelos melanócitos filtrando os raios solares nocivos; entre outras a pele é composta por epiderme; derme; folículo piloso e glândulas: sebáceas e sudoríparas é importante ressaltar que existem diferenças marcantes entre a pele canina e a pele humana: ? n úmero de camadas: cão: em torno de 5; homem: em torno de 15 ? glândulas sudoríparas exócrinas (excretoras): cão: concentradas apenas no plano nasal e coxins palmares e plantares homem: em toda superfície cutânea ? ph: cão: em torno de 5,5 homem: em torno 7,0 ? crescimento do p?lo: cão: em ciclos homem: crescimento contínuo ? renovação celular: cão: em torno de 20d homem: em torno de 28d de maneira geral, pode-se dizer que a pele canina é mais sensível que a pele humana, e que produtos humanos mesmo que neutros são contra indicados para o uso rotineiro em cães assim como os outros órg?os do corpo, a pele possui mecanismos intrínsecos de defesa, que vão desde a presença de p?los, glândulas sebáceas, fatores humorais e celulares a exist?ncia de uma flora de microorganismos (bactérias, fungos, ácaros) saprófitas (inofensivos) que vivem em equilíbrio e agem como uma barreira de proteção ? microorganismos patog?nicos mudança nesta condição, por menor que seja promoverá crescimento da flora patog?nica local, perda da integridade da barreira de proteção e aparecimento de lesões cutâneas fatores como: variedade racial; alimentação; clima; cruzamentos indevidos; ambiente domiciliar; presença de parasitas externos; entre outros, predisp?em o aparecimento de distúrbios cutâneos diversos raças originárias de países de climas temperados ou frios como são bernardo; chow-chow; akitas, etc, sofrem alterações orgânicas diversas a fim de se adaptarem ao clima tropical do brasil a alimentação não apropriada ?s necessidades individuais, rações não específicas para determinado padr?o racial ou faixa etária; alimentação caseira; petiscos diversos ( p?es; doces, etc) criam uma condição de desequilíbrio nutricional no qual a pele é o primeiro órg?o afetado o ambiente domiciliar contribui igualmente para o aparecimento de dermatopatias, uma vez que cada vez mais estreita-se o contato homem-animal de estimação, ficando o último mais exposto a alérgenos domiciliares (perfumes; tapetes; material de limpeza, etc), e a alterações alimentares cruzamentos indevidos, como por exemplo cruzamentos consanguíneos (entre parentes) no intuito de exaltar características desejáveis de determinadas raças, acabam potencializando na mesma proporção o surgimento ou propagação de patologias de caráter hereditário: demodicose; determinados processos alérgicos; patologias auto imunes, etc resumindo, tais fatores isolados ou em conjunto promovem um desequilíbrio nos mecanismos de defesa dérmicos o que facilita o aparecimento de dermatopatias cada vez mais incidiosas e de difícil controle /ou tratamento o animal deve ser encaminhado a um profissional capacitado diante do mais discreto sinal dermatológico para que sejam feitos exames complementares a fim de s estabelecer um diagnóstico e um plano terapêutico específico, focado na causa primária do processo

Gislaine Nonino Rosa CRMV 11291 Kingdom Pet Shop Av. Moraes Salles. 3183 Nova Campinas Campinas Fone: 32941126 / 32526885 / 91226711

O conteúdo presente no texto acima é responsabilidade dos Autores citados

Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:

Letras de Música com temas Animais:

bulletCobra Criada

bulletPonbinha branca

bulletLadeira do boi genival lacerda eu vi maria na ladeira do boi eu perguntei maria pra onde foi maria trazia um pote quando me avistou deu um tombo de um jeito que o pote quebrou ai maria quanto tempo eu não te vejo cadê meu abraço maria cadê meu beijo m

bulletHino do galo da madrugada alceu valença

bulletCamarão que dorme a onda leva



Dicas Veterinárias:

bulletProblemas na boca dos pets podem afetar outros órg?os

bullet10 bons motivos para montar um aquário

bulletDroopy olho em cães

bulletPotras em cio? verdades sobre a puberdade

bulletMarketing veterinário



Ver todas as Dicas Veterinárias



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores

bullet Sergio Lobato é Médico Veterinário, consultor e palestrante em Gestão da Inovação e Marketing em Medicina Veterinária. CRMV 4476. www.sergiolobatopetmarketing.blogspot.com>

bullet Marcelo Augusto Especialista em Reprodução Equina CRMV SP 16223 http://www.hippusgenesis.com.br/>

bullet Rui Miguel Adestrador comportamental telefone/whatsapp 31 994332943 BELO HORIZONTE-MG / CONTAGEM-MG>

bullet Fábio Brito do http://vida estilo.estadao.com.br/blogs/conversa de bicho/festa junina e pets diversao com seguranca/>

bullet Monica Marvo Cel: 985728281 Atendimento em domicílio, clínicas, centros diagnósticos e hospitais. >



Cinema, Filmes e Seriados:

bulletO gato de 9 caudas (il gatto a nove code)

bulletO cavalo de ferro (the iron horse)

bulletA morte anda a cavalo (da uomo a uomo / death rides a horse)

bulletDeu a louca nos bichos

bulletUm hotel bom pra cachorro (hotel for dogs)



Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bulletO gato e a revolução

bulletGato viriato

bulletNosso planeta verde - 100 ótimas propostas para trabalhar na educação infantil

bulletO gato de botas

bulletGato que gostava de cenoura

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos