Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]


Home Page > Dicas Veterinárias > Pele amarela (icterícia) em cães

Pele amarela (icterícia) em cães


Icterícia em cães

O termo icterícia (ou icterícia) denota uma descoloração amarela das mucosas da gengiva, Narinas, genital, e outras áreas, devido á alta concentração de bilirrubina, um pigmento biliar normal, formado como resultado de uma quebra de hemoglobina presente nos glóbulos vermelhos (RBCs).

Se houver um aumento da taxa de decomposição RBC, como ocorre em algumas doenças, níveis anormalmente e levados de bilirrubina formar?o. Esses altos níveis de bilirrubina não pode ser excretada em um ritmo normal, e, portanto,, acumula nos tecidos. Os níveis de bilirrubina também podem aumentar em condições em que a excreção normal de bilirrubina é dificultada devido a alguma doença (colestase), em que a bile não pode fluir a partir do fígado para o duodeno (primeira seção do intestino) devido a alguma obstrução mecânica ou neoplasia.

Concentrações mais elevadas de bilirrubina são tóxicos e podem causar a descoloração da pele (Eu, icterícia), fígado e lesão renal, e também pode afetar o tecido cerebral. Todas as raças de cães podem ser afetados.

Sintomas e tipos de

Vômitos
Diarréia
Letargia
Febre
Dor abdominal
Perda de apetite (anorexia)
Palidez
Coloração amarelada da pele
Mudança na cor da urina e fezes (cor laranja)
Aumento da frequência (poliúria) eo volume de urina
Aumento da sede (polidipsia) e consumo de água
Confusão mental em casos avançados
Perda de peso
Hemorragia (especialmente em cães com doença hepática avançada)

Causas

Doenças, toxinas, medicamentos que conduzem á destruição aumentada de RBCs
Transfusão de sangue incompatível
Infecções sist?micas prejudicando o processamento da bilirrubina no fígado
Coleção de grande volume de sangue dentro da cavidade corporal
Inflamação do fígado (hepatite)
Tumores
Cirrose
Enormes danos ao tecido hepático (g, devido a toxinas)
Obstrução da secreção de bilirrubina devido a inflamação do pâncreas, presença de tumor, pedras, ou parasitas.

Diagnóstico

Veterinário do seu cão terá uma história detalhada de você e realizar um exame físico completo sobre seu gato. Rotina de exames laboratoriais, incluindo: hemograma completo, perfil bioquímico e urinálise será conduzida. Esses testes ir?o revelar informações muito valiosas para o diagnóstico inicial. Testes de contagem completa do sangue pode revelar mudanças nas estruturas RBC, mudanças referentes a infecções subjacentes, como anemia grave, parasitas no sangue, e níveis anormalmente baixos de plaquetas (células responsáveis pela coagulação do sangue). O perfil da bioquímica, entretanto, pode revelar níveis anormalmente e levados de enzimas hepáticas relacionadas com lesões hepáticas. E exame de urina vai mostrar níveis anormalmente e levados de bilirrubina na urina.

existem testes mais específicos disponíveis para o diagnóstico ainda mais, incluindo as causas subjacentes. Estudos radiográficos vai ajudar na determinação da estrutura e tamanho do fígado, que é o órg?o central de importância nesta doença. Estes raios-X, muitas vezes encontrar o aumento do fígado, revelar a presença de uma massa ou tumor, o aumento do baço, em alguns casos, e corpos estranhos. Raios-X do tórax pode revelar metástases se um tumor é a causa. Ultra-som também será realizada, permitindo o seu veterinário para avaliar a estrutura do fígado em detalhes, ajudando a distinguir doença de fígado de uma obstrução do trato biliar, bem como diferenciar um tumor de uma obstrução mecânica.

Adicionalmente, o veterinário pode decidir tomar uma amostra de tecido hepático com o auxílio de ultra-som para uma avaliação mais detalhada. Amostras de tecido do fígado pode ser tomada através de uma agulha ou durante a cirurgia, que podem ser realizados para confirmação do diagnóstico e tratamento.

Tratamento

Tratamento depend em grande medida a causa subjacent é altamente individualizado. Cães com doenças graves ou avançados pode precisar de ser hospitalizado para tratamento intensivo inicial e tratamento. Uma dieta balanceada é dada de acordo com exig?ncias diárias de energia eo estado da doença. Suplementação de evitamina também é recomendado em pacientes afetados. Alguns casos podem exigir cirurgia, como aqueles com obstrução das vias biliares, e uma transfusão de sangue pode ser necessária se anemia grave está presente.

Gestão

Prognóstico dessa doença depend em grande medida a causa subjacent o tratamento oferecido. Contudo, dieta adequada, administração oportuna de medicamentos, descanso completo, e um acompanhamento regular pode ajudar o seu cão durante todo o processo de cicatrização.

Não dê qualquer medicamento ou modificar a dosagem sem a aprovação expressa do veterinário do seu cão, especialmente analgésicos, que pode ser tóxico para o fígado nesta condição. Porque o fígado é o órg?o central para o metabolismo, toxicidade pode ocorrer em casos de insufici?ncia hepática.

Cães com insufici?ncia hepática precisa de um nível extremamente levado de cuidados em casa devido á instabilidade inerente dessa condição. Estes animais podem sangrar a qualquer momento. Se você ver seu animal de estimação sangramento, chame imediatamente o seu veterinário para ajudar. Além, aconselhar o seu veterinário se o cão fezes ou urina mudam de cor.



internet

O conteúdo presente no texto acima é responsabilidade dos Autores citados

Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:

Letras de Música com temas Animais:

bulletFaca de combate

bulletQualquer coisa

bulletCachorro quente wanderlei studio

bulletA rainha da cavalgada

bulletO brasil de la mancha: sou miguel, padre miguel sou cervantes, sou quixote cavaleiro, pixote



Dicas Veterinárias:

bulletErupções e trocas dos dentes do cavalo

bulletO que falta para você ter o seu gato ?

bulletInfecção por salmonella em cães

bulletCuriosidade problemas e doenças no casco de cavalos

bulletFezes e posse responsável : qual é a conexão ?



Ver todas as Dicas Veterinárias



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores

bullet Dr. Ciro Pinheiro Mathias Franco Medico Veterinário atuante em odontologia eqüina. Cel. (11) 9814 6666 E mail: ciromedvet@ig.com.br>

bullet Nayara Zonta, 56811999>

bullet ana cláudia de souza andrade gatil gatto dimaili rua tarobá,95 - jdmaria luiza - cascavel, pr fones: (45)222-8797/9965-9935 >

bullet Patricia
olives mount kennel>

bullet LUIZA CERVENKA DE ASSIS http://emais.estadao.com.br/blogs/comportamento animal/morte e luto o que fazer quando o cachorrogato morre/>



Cinema, Filmes e Seriados:

bulletO gato de 9 caudas (il gatto a nove code)

bulletOs pássaros feridos (the thorn birds)

bulletNetto e o domador de cavalos

bulletO cavalo amarelo (marple: the pale horse)

bulletV



Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bulletExplicação dos pássaros

bulletLivro definitivo de dicas e sugestoes de jardinagem

bulletCachorro tem cada uma

bullet97 maneiras de fazer seu cachorro sorrir

bulletUm gato aprende a morrer

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos