Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]


Home Page > Dicas Veterinárias > Lesão muscular em cães

Lesão muscular em cães


Ruptura muscular em cães
A muscular normal pode ser esticado, pinched, diretamente ou feridos, resultando em ruptura de fibras, enfraquecimento, e separação de imediato ou tardio das porções ileso. Atividade normal pode causar rompimento do músculo. Alternativamente, a estrutura muscular pode ser comprometida pela sist?micas ou iatrog?nico (médico-causado) condições. A ruptura pode ser completa ou incompleta, e pode ser no meio do músculo ou na junção músculo-tend?o. A aguda (súbita e severa) estágio é caracterizado por uma reação típica inflamatória que se torna crônica ao longo do tempo, com cross-linking, e desenvolvimento de ader?ncia ao longo do tempo. Frequentemente, a fase aguda é negligenciado, como os sinais pode ser temporário e respondem bem ao resto. Os efeitos crônicos são frequentemente progressiva e que não respondem a terapias de apoio.

Os músculos dos membros, e os músculos da mastigação são as estruturas primárias afetadas. Lesão traumática é indiscriminada, que certas atividades podem predispor por causa da exposição. As rupturas que são aparentemente sem relação com trauma parecem afetar de meia-idade para cães de trabalho mais velhos, sem predileção sexual relatada.

Sintomas e tipos de

Lesão aguda

Lameness imediata que se caracteriza pela musculares específicos afetados
Inchaço localizado, calor, e dor
Geralmente presentes por alguns dias a uma semana
Fase crônica (se desenvolve)

Progressivo

Indolor
Geralmente associada com o tecido da cicatriz que impede a função normal de uma extremidade

Causas

Trauma
Overextension
Miosite (inflamação)
Degenerativo (etiologia desconhecida)
Miopatia (uma doença neuromuscular), secundária a condições médicas
Fator de risco aparente para cães é o envolvimento na caça, rastreamento, ou actividades semelhantes no exterior que colocar pressão sobre os músculos

Diagnóstico

Seu veterinário irá realizar um exame físico completo, procurando evid?ncias de disfunção neurológica e ruptura de tend?o. Diagnóstico por imagem incluem Raios-X para procurar evid?ncias de defeitos ósseos fragmento e translocações, e ultra-som para procurar o inchaço e a desorientação da fibra muscular normal no local da lesão em casos agudos. Tecido da cicatriz e das áreas contratadas de tecido fibroso pode ser visto no músculo em casos crônicos. Ressonância magnética (MRI) pode ser usado para procurar por edema e hemorragia, e para conseguir a localização do problema que irá ajudar a identificar o tipo de problema.

O seu médico irá também testar as articulações do seu cão para a evid?ncia de instabilidade articular ou desalinhamento. Diferenças mensuráveis entre os lados normal e anormal pode ser útil na documentação do site músculo afetado. Outra coisa que o médico pode fazer é realizar uma biópsia do músculo afetado para detectar a presença de tecido fibroso e perda de células musculares. Diferenciar a atrofia devido ao desuso de atrofia neurológica, e de uma lesão induzida por cicatrizes, pode ser impossível sem evid?ncias corroborando.

Tratamento

Não há nenhuma evid?ncia documentada para suportar uma única melhor maneira para tratar lesões musculares agudas, ou para evitar contratura fibrosa (encurtamento do tecido muscular ou conjuntivo) e ader?ncias. Acredita-se geralmente que o cuidado imediato póse lesão deve nvolver descanso e locais de aplicação a frio seguido em poucas horas pelo calor e fisioterapia passiva. Uma parte essencial da reparação muscular é o alívio da tensão eficaz para o músculo lesionado para que a cura pode ocorrer sem interrupções como retorno da função. Analgésicos e antiinflamatórios devem ser utilizados por vários dias ou semanas para controlar a inflamação e dor. Tendo atividade leve ou não de peso é adequado para um longo período de tempo (4-6 semana).

Aparelhos ortopédicos interno ou externo pode ser necessário para fornecer alívio de tensão eficaz. Scar problemas relacionados podem afetar a marcha do seu cão, a longo prazo. É inadequado para internação ou gaiola de um animal ferido recentemente por problemas musculares, a menos que a correção cirúrgica é planejada. Cirurgia pode ser realizada dentro de poucos dias da lesão para reparar óbvio, ruptura muscular aguda que resulta em uma separação dos segmentos musculares ileso.

Uma vez que a lesão muscular torna-se crônica está associada a contratura ou ader?ncias, tratamento é direcionado ao resgate da função do músculo. Alívio sintomático instantânea muitas vezes acompanha a liberação cirúrgica das ader?ncias ou faixas de tecido fibroso. A prevenção da re-adesão e progressiva contratura é muito menos gratificante.

Les?es musculares específicos t?m prognósticos mais díspares. Contratura do manguito rotador responde bem á excisão cirúrgica do tend?o de inserção. Gracilis (jarretar) tem uma contratura 100 taxa de recorr?ncia por cento após a ressecção cirúrgica. Contratura do quadríceps tem uma taxa de falha similarmente sombrio após a cirurgia.

Les?es musculares que t?m curado em um estado alongado tem um melhor prognóstico para a melhoria da função cirúrgicos do que os músculos contraídos. A lesão de alongamento mais comum afeta os músculos do grupo de Aquiles. Hiperflex?o do jarrete pode ser reconstruída cirurgicamente para retornar cães afetados a funcionar relativamente normal. Encurtamento do tend?o de Aquiles, em vez de reparar o músculo cirurgicamente feridas geralmente faz isso.



internet

O conteúdo presente no texto acima é responsabilidade dos Autores citados

Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:

Letras de Música com temas Animais:

bulletNa teia da aranha

bulletPeixe Cru Saiddy Bamba

bulletPára de peixe

bulletMil Gatos No Telhado

bulletO pato



Dicas Veterinárias:

bulletC?o x fogos de artifício

bulletComo devo alimentar meu persa ???

bulletAdestramento de hamsters

bulletGravidez, parto e filhotes cuidados necessários

bulletCirrose hepática



Ver todas as Dicas Veterinárias



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores

bullet Darvin: darvin@adestradorpessoal.com.br http://www,adestradorpessoal.com.br>

bullet Rafael Claro Marques (CRMVSP 18.849) é médico veterinário e pósgraduado em Clínica Médica de Pequenos Animais dr.rafael@clinicapontegrande.com.br>

bullet Dra Renata Avancini Médica veterinária, formada pela Universidade de Santo Amaro em 2007. Mestre e Doutora em Ciências pela Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ) da Universidade de São Paulo (USP), em 2009 e 2012 respectivamente. Graduada em 2014 no Curso de Especialização em Produção e Sanidade de Animais de Biotério pela FMVZ USP. Experi?ncia em clínica geral, medicina regenerativa, biotecnologia com concentração em células tronco e experi?ncia em doc?ncia na disciplina de Anatomia dos Animais Domésticos. Professora de Anatomia Veterinária da Faculdade das Metropolitanas Unidas (FMU) e na Universidade Paulista (UNIP). Médica veterinária na CURAVET. Contato: contato@curavet.com.br>

bullet Juliane Seixas Juliane Seixas Website.: www.facebook.com/veterinariadrajulianeseixas Graduada pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná, PUC/PR. Atua como plantonista na área clínica e cirurgica de animais de companhia CRMV: 11430 / PR Cont>

bullet Maira Rezende Formenton
tel 011 3862 6398
www.fisioanimal.com>



Cinema, Filmes e Seriados:

bulletErnest e célestine

bulletUm natal bom pra cachorro (chilly christmas)

bulletBud 2 - o atleta de ouro - air bud: golden receiver

bulletO gato de 9 caudas (il gatto a nove code)

bulletAs nove vidas de fritz - o gato (the nine lives of fritz the cat)



Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bulletVida de cão

bulletQuem e mais feliz: voce ou o seu cachorro?

bulletGato viriato

bulletLivro dos passaros magicos, o

bulletCães de guerra

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos