http://bichosaudavel.com/anestesia-em- caes-e-gatos/ | Dicas Veterinárias | ConteudoAnimal.com.br"> Anestesia em cães e gatos | texto por Rita Ericson <a href="http://bichosaudavel.com/anestesia-em-caes-e-gatos/">http://bichosaudavel.com/anestesia-em- caes-e-gatos/</a> | Dicas Veterinárias | ConteudoAnimal.com.br
Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]


Home Page > Dicas Veterinárias > Anestesia em cães e gatos

Compartilhe em suas redes sociais:

Anestesia em cães e gatos



Esta situação é bastante frequente: os veterinários sugerem um procedimento que requer anestesia ou sedação e os tutores dos animais morrem de medo!


Normal, toda anestesia oferece risco.


Os cães e gatos não costumam suportar alguns procedimentos, como a limpeza dos dentes e a retirada de espinhos (quase sempre de ouriço-cacheiro) sem diminuírem sua reatividade.


Em humanos, é possível realizar uma cesariana com a mãe anestesiada somente da cintura para baixo!


Nossos pacientes não permitem, eles tentariam fugir de qualquer maneira!


Existem diferentes tipos de anestesia.


  • Anestesia geral – “ausência de sensação&rdquo, perda total de sentimentos ou sensações.

Indicada para cirurgias abdominais, ortopédicas e neurológicas.


  • Anestesia local- bloqueio da dor, em um local específico. Pode ser aplicada diretamente na região a ser tratada ou nos nervos responsáveis por uma certa região, anestesiando uma área maior do corpo (Ex: anestesia do braço aplicada na axila; anestesia epidural, aplicada na coluna vertebral gerando anestesia da cintura para baixo).

Indicada para remoção de pequenos tumores de pele, suturas de ferimentos, em animais tranquilos.


  • Sedação – promove relaxamento muscular e dependendo da droga utilizada, alivio da dor.

Indicada para limpeza de feridas doloridas, remoção de espinhos, abscessos, desobstrução urinária etc.


A internet e os “amigos” sempre contam histórias horríveis sobre os riscos e as mortes causadas por anestesia.


Cuidado!


Muitos procedimentos que requerem anestesia oferecem mais risco se não forem tratados! O maior exemplo é a piometra , infecção uterina que precisa ser tratada cirurgicamente.


Outro exemplo comum é a remoção de tártaro. Alguns animais apresentam uma infecção grave na boca que pode acometer outros órgãos (como rins, coração),


Atualmente, as clínicas e hospitais veterinários estão equipados e preparados para anestesiar cães e gatos com muita segurança, monitorando o paciente durante o procedimento.


É fundamental realizar exames pré-operatórios (hemograma, bioquímica, avaliação cardíaca e respiratória) e examinar o animal antes de anestesiá-lo.


Muitos acreditam que seu animal, em particular, é sensível à anestesia. Algumas raças são sensíveis a algumas drogas, mas raramente à anestesia.


Reações podem ocorrer, mas na maioria das vezes, são reversíveis.


Geralmente, cada paciente recebe um protocolo anestésico diferente, de acordo com sua idade, tamanho e necessidades.


Muitas complicações ocorrem após a anestesia, quando o animal está se recuperando. Este é um momento importante para monitorar o animal.


É difícil prever quanto tempo o animal vai demorar para se recuperar e “acordar”. Varia bastante, depende de cada animal.


O controle da dor no pós cirúrgico é importantíssimo.


A maioria dos animais não chora de dor, somente ficam quietos, por isso converse sempre com a/o veterinário e tire todas as suas duvidas.



Rita Ericson http://bichosaudavel.com/anestesia-em- caes-e-gatos/

O conteúdo presente no texto acima é responsabilidade dos Autores citados

Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:

Letras de Música com temas Animais:

bulletEguinha pocotó

bulletO gato vinicius de moraes

bulletReprocissão

bulletO pescoço da girafa

bullet Burro Picaço



Dicas Veterinárias:

bulletPor que os gatos fogem?

bulletA leucemia linfoblástica aguda em cães

bulletComo montar um aquário natural

bulletInflamação dos nódulos linfáticos, trato intestinal (lymphangieasia) em cães

bulletIntoxicações alimentares



Ver todas as Dicas Veterinárias



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores

bullet UPAC Fortaleza https://upacfortaleza.wordpress.com/>

bullet João Kleinerdr joão alfredo kleiner dvm, msc especialista em oftalmologia e clínica cirúrgica geral acvo ophthalmology course wisconsin, madison ? 1998 e-mail: docjak@vetweb.com.br>

bullet Priscila Pinheiro - Pet Sitter

 

Bicho Feliz Pet Sitter

Site: https://sites.google.com/site/bichofelizpetsittercotiasp/

Whatsapp e celular: (11) 98586-9212

Twitter: @bichofelizps

>

bullet Juliana Bortoletto Clinica Vet health, rua: jose gomes moreno, 50 terra nova 2 São Bernardo do Campo/SP , crmvsp 18.377 fone: (11) 41014260>

bullet Giorgia Bach advocacia@praticaclinica.com.br>



Cinema, Filmes e Seriados:

bulletO gato de 9 caudas (il gatto a nove code)

bulletJurassic park iii

bulletOlhos de gato (cat s eye)

bulletPeixonauta

bulletGatos numa roubada (tomcats)



Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bulletMarley e eu

bulletPequenos passaros

bulletSinopse do livro 97 maneiras de fazer seu cachorro sorrir

bulletGato que gostava de cenoura

bulletO cachorro e o lobo

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos