Home Page > Raças & Espécies > Cães > Afghan hound

Afghan hound

afghanhound

RESUMO HISTÓRICO: os primeiros Afghans chegaram na Inglaterra no início
dos anos 1900, e um deles chamado “Zardin”, venceu de forma espetacular na
exposição de 1907, realizada no “Crystal Palace” em Londres. A raça é também
conhecida como “Tazi”, apoiada na sua semelhança com uma raça russa com este
nome. Um dos “sighthounds” (lebréis) típicos do mundo, o Afghan – quem, como
seu nome implica, é originário das montanhas do Afeganistão – é um caçador, e
perseguirá a presa se lhe for dada oportunidade. Hoje em dia, também um glamoroso
cão de exposição que deve combinar força e dignidade com um pelo longo e sedoso,
bem como com uma expressão oriental.
APARÊNCIA GERAL: dá uma impressão de força e dignidade, combinando
velocidade e poder. A cabeça é portada orgulhosamente.
COMPORTAMENTO / TEMPERAMENTO: a expressão oriental é típica da
raça. O Afghan olha através das pessoas. Digno e indiferente, com uma certa e
penetrante ferocidade.
CABEÇA
REGIÃO CRANIANA
Crânio: longo, não muito estreito, com occipital proeminente. Bem balanceado e
coberto por um longo topete.
Stop: ligeiro.
REGIÃO FACIAL
Trufa: de preferê;ncia preta; sendo a cor fígado permitida em cães de pelagem clara.
Focinho: longo, com maxilares fortes.
Maxilares / Dentes: maxilares fortes com uma perfeita, regular e completa mordedura
em tesoura, isto é, os dentes superiores recobrem os dentes inferiores e são inseridos
ortogonalmente aos maxilares. Mordedura em torquê;s (mordedura em pinça, ponta
com ponta) é tolerada.
Olhos: escuros, de preferê;ncia, mas a cor dourada não deve ser penalizada. Aparê;ncia
quase triangular, ligeiramente inclinados para cima do canto interno para o canto
externo.
Orelhas: inseridas baixas e bem para trás, portadas próximas à cabeça. Cobertas
por longos pelos sedosos.
5
PESCOÇO: longo, forte e com um orgulhoso porte da cabeça.
TRONCO
Dorso: nivelado, de comprimento moderado, bem musculoso.
Lombo: reto, largo e bastante curto.
Garupa: caindo ligeiramente para a cauda.Ossos do ilíaco proeminentes e
afastados.
Peito: de boa profundidade, com costelas bem arqueadas.
CAUDA: não muito curta. De inserção baixa com um anel no final. Elevada, quando
o cão está em ação. Com pelos escassos.
MEMBROS
ANTERIORES
Ombros: longos e inclinados, bem colocados para trás, bem musculosos e fortes,
sem serem carregados.
Braços: longos e inclinados.
Cotovelos: vistos de perfil, verticalmente abaixo da cernelha. Próximos à caixa
torácica. Não virando nem para dentro, nem para fora.
Metacarpos: longos e elásticos.
Patas: fortes e muito grandes tanto em comprimento quanto na largura e cobertas
por pelos longos e espessos; dedos arqueados. Almofadas plantares bem apoiadas
no solo.
POSTERIORES
Aparê;ncia geral: poderosos. Bem compridos entre os ossos das ancas e os jarretes,
com uma distância comparativamente curta entre os jarretes e as patas.
Joelhos: bem inclinados e bem angulados.
Patas: longas, mas não tão largas quanto as anteriores; cobertas por pelos longos e
espessos; dedos arqueados. Almofadas plantares bem apoiadas no solo.
6
MOVIMENTAÇÃO: suave e elástica, com estilo de alta classe.
PELAGEM
Pelo: longo e de textura muito fina na região das costelas, nos membros anteriores e
posteriores e flancos. Nos cães maduros, o pelo é curto e fechado a partir do ombro
e ao longo de toda a sela. Pelo longo na cabeça, da testa para trás, com um distinto e
sedoso topete. No focinho, o pelo é curto. Orelhas e pernas com boa pelagem. Os
metacarpos podem ser descobertos. A pelagem deve se desenvolver naturalmente.
Qualquer evidê;ncia de tosa ou corte com tesoura deve ser penalizada.
COR: todas as cores são aceitas.
TAMANHO
Altura ideal para os machos: 68 a 74 cm.
para as fê;meas: 63 a 69 cm.
FALTAS: qualquer desvio dos termos deste padrão deve ser considerado como
falta e penalizado na exata proporção de sua gravidade e seus efeitos na saúde e bem
estar do cão.



Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:

Letras de Música com temas Animais:

bulletPasso do crocodilo mc tiozinho

bulletAs andorinhas

bulletBoi soberano tião carreiro e pardinho

bulletVida de cachorro

bulletO galo cantou clara nunes



Dicas Veterinárias:

bulletA paralisia do carrapato em cães

bulletOdontologia equina

bulletMeu animal sara mas volta a aprensentar fungos (dermatofitose)

bulletAlergia em animais

bulletOs perigos do uso de anticoncepcionais em cães e gatos



Ver todas as Dicas Veterinárias



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores

bullet Vicente Moreno Médico Veterinário CRMVSP 6613 Clínica Veterinária Vicente Moreno Av. Independ?ncia, 1062 Valinhos SP Fone: (19) 38491274 >

bullet Mariana LageMarques Médica Veterinária graduada pela Universidade Paulista em 2002. Mestre em Cirurgia pela FMVZUSP em 2008. Sócia Fundadora ABOV (Associação Brasileira de Odontologia Veterinária), 2002. Faço atendimento odontológico móvel. >

bullet Paola Christina Ferreira Carneiro Médica Veterinária CRMVSP 8145 Dermatologia e Terapeuta Floral MASTERVET Clínica Veterinária Av. Ângelo Sim?es,1135, Jd. Leonor , Campinas , SP Fone: (19) 32345363 ou 33843323 >

bullet Patricia Oliveira>

bullet Carla Diele CRMVRJ 6165>



Cinema, Filmes e Seriados:

bulletFeito cães e gatos (the truth about cats and dogs)

bulletBatman returns (1992)

bulletOlhos de gato (cat s eye)

bulletGato negro (black cat (gatto nero))

bulletAquele gato danado (that darn cat!)



Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bulletNo meu peito não cabem pássaros

bulletA volta do gato preto

bulletPequenos passaros

bulletCachorro tem cada uma

bulletMemorias de um gato

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos