Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]


Home Page > Raças & Espécies > Cães > Cane corso italiano

Compartilhe em suas redes sociais:

Cane corso italiano

canecorso

País de origem: Itália
Nome no país de origem: Cane Corso Italiano
Utilização: Guarda e defesa, polícia de faro
Sem prova de trabalho
RESUMO HISTÓRICO: o Cane Corso é o descendente direto do antigo Molosso
Romano. Antigamente, presente em todas as partes da Itália; hoje, ele só permanece
em APULIA e nas províncias adjacentes do Sul da Itália. Seu nome vem do latim
“cohors” que significa “protetor, guardião da fazenda”.
APARÊNCIA GERAL: de tamanho médio para grande. Robusto, forte e contudo
elegante. Seus contornos nítidos revelam músculos possantes.
PROPORÇÕES IMPORTANTES: o comprimento da cabeça atinge 36% da altura
da cernelha. É um pouco mais longo do que alto.
COMPORTAMENTO / TEMPERAMENTO: cuidando da propriedade, da
família e do gado; é extremamente ágil e obediente. No passado, foi utilizado para
guardar o gado e caçar animais grandes.
CABEÇA: larga e tipicamente molossóide. Uma ligeira convergê;ncia dos eixos
longitudinais superiores do crânio e do focinho.
REGIÃO CRANIANA
Crânio: largo; no nível das arcadas zigomáticas sua largura é igual ou maior do que
seu comprimento. Sua parte anterior convexa se achata ligeiramente da testa até o
occipital. O sulco mediano frontal é visível.
Stop: marcado.
REGIÃO FACIAL
Trufa: preta e volumosa com grandes narinas, bem abertas na mesma linha que a
cana nasal.
Focinho: visivelmente mais curto que o crânio (relação crânio:focinho de
aproximadamente 2:1). Forte, quadrado; a face anterior do focinho é plana; suas
faces laterais são paralelas; o focinho é tão largo quanto longo. Vista de perfil, a cana
nasal é reta.
4
Lábios: o lábio superior pende moderadamente e cobre a mandíbula, de maneira que
o perfil inferior do focinho é determinado pelos lábios.
Maxilares / Dentes: os maxilares são muito largos, espessos e curvados. Ligeiro
prognatismo inferior. A mordedura em pinça (torquê;s) é admitida, mas não desejada.
Olhos: são de tamanho médio, ovais, direcionados para a frente, ligeiramente protusos.
As pálpebras são bem aderentes. A íris é a mais escura possível de acordo com a cor
da pelagem. O olhar é vivo e alerta.
Orelhas: triangulares, pendentes e largas; sua inserção está localizada bem acima do
arco zigomático. Amputadas, elas são cortadas em triângulos equiláteros.
PESCOÇO: forte, musculoso, tão longo quanto a cabeça.
TRONCO: ligeiramente mais longo do que a altura na cernelha. De constituição forte,
sem ser atarracado.
Cernelha: pronunciada, mais alta do que a garupa.
Dorso: reto, bem musculoso e firme.
Lombo: curto e forte.
Garupa: longa, larga e ligeiramente oblíqua.
Peito: tórax bem desenvolvido nas 3 dimensões, ele desce até o cotovelo.
CAUDA: inserida alta; muito grossa na raiz. Amputada na quarta vértebra. Quando o
cão está em ação, portada alta, sem jamais enrolar ou ficar na vertical.
MEMBROS
ANTERIORES
Ombros: longos, oblíquos, bem musculosos.
Braços: fortes.
5
Antebraços: retos e muito fortes.
Carpos e metacarpos: elásticos.
Patas: patas de gato.
POSTERIORES
Coxas: longas, largas. A linha posterior da coxa é convexa.
Pernas: secas, não carnudas.
Jarretes: moderadamente angulados.
Metatarsos: espesso e resistente.
Patas: um pouco menos compactas do que as patas anteriores.
MOVIMENTAÇÃO: passadas longas, trote alongado. O trote é a movimentação
preferida.
PELE: espessa e bem aderente ao corpo.
PELAGEM
Pelo: curto, brilhante, bem fechado com um ligeiro subpelo.
COR: preto, cinza chumbo, cinza ardósia, cinza claro, fulvo claro; vermelho cervo,
fulvo escuro; tigrado (listras em diferentes tons de fulvo ou cinza). Os cães fulvos e
tigrados tê;m no focinho uma máscara preta ou cinza que não deve ultrapassar a linha
dos olhos. Admite-se uma pequena mancha branca no peito, na ponta dos dedos e
sobre a cana nasal.
TAMANHO / PESO
Machos: de 64 a 68 cm.
Fê;meas: de 60 a 64 cm.
Com uma tolerância de 2 cm acima ou abaixo.
6
Peso: Machos: 45 a 50 kg.
Fê;meas : 40 a 45 kg.



Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:



Dicas de Profissionais do ramo pet e agropecuário:


bulletFeromônios caninos, o que são e para que servem?

bulletEntenda seu hamsters

bulletGengivas aumentadas em cães

bulletcascão : aquele cachorro que morre de medo de banho

bulletSentidos do cão


Ver todas as Dicas de Profissionais



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores



bullet Carlos Artur Lopes Leite é médicoveterinário graduado pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e especialista em Micologia Médica pela Carl von Ossietzky Universität (Alemanha). É também mestre em Medicina e Cirurgia Veterinárias pela UF

bullet Nayara Zonta, parceria com a VetQuality 56811999

bullet Priscila Pinheiro - Pet Sitter

 

Bicho Feliz Pet Sitter

Site: https://sites.google.com/site/bichofelizpetsittercotiasp/

Whatsapp e celular: (11) 98586-9212

Twitter: @bichofelizps

bullet Hemovet Laboratório e Centro de hemoterapia veterinária M.V. Simone Gonçalves CRMV SP 10141 Rua José Macedo, 98. Pq São Lucas F. 29188050

bullet Keila Regina de Godoy

Ver todas as Dicas dos Colunistas

Letras de Música com temas Animais:


bulletPassaro sem asas

bulletPoeira

bulletDiamond dogs

bulletCobras essiele

bulletAranha hangover

Ver todas as Letras de Músicas

Cinema, Filmes e Seriados:


bulletO gato de madame

bulletA vida dos peixes (la vida de los peces)

bulletGodzilla

bulletUm hotel bom pra cachorro (hotel for dogs)

bulletSilver a lenda do cavalo prateado the silver brumby


Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bulletO gato que falava com fantasmas

bulletLivro de banho galinha pintadinha

bulletPássaros amarelos

bulletO gato que tocava brahms

bulletUm gato indiscreto e outros contos

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos