Home Page > Raças & Espécies > Cães > Cimarrón uruguayo

Cimarrón uruguayo

cimarronuruguayo

País de origem: Uruguai
Nome no país de origem: Cimarrón Uruguayo
Utilização: Excelente para o trabalho com o gado, caça ou guarda
Sem prova de trabalho
RESUMO HISTÓRICO: a origem do “Cimarrón Uruguayo” é incerta. Sabe-se
que ele descende dos cães introduzidos pelos conquistadores espanhóis e portugueses.
Do cruzamento desses cães abandonados no país e de uma seleção natural onde
somente sobreviviam os mais aptos, astutos e fortes é que nasceu o Cimarrón
Uruguayo. Os habitantes da época, reconhecendo o valor destes cães, os domesticaram
e de maneira progressiva, começaram a utilizá-los muito produtivamente como
guardiões de seus estabelecimentos e no trabalho diário com o gado.
PROPORÇÕES IMPORTANTES:
• altura na cernelha / comprimento = 10:11
• a altura na cernelha é igual à altura na garupa.
• o comprimento do focinho é ligeiramente mais curto que o do crânio.
• a altura do solo ao cotovelo e do cotovelo à cernelha deve ser igual.
APARÊNCIA GERAL: o Cimarrón Uruguayo é um cão do tipo molosso, de altura
mediana, é forte, compacto, com boa ossatura, musculoso e ágil.
TEMPERAMENTO / COMPORTAMENTO: é equilibrado, sagaz, e de grande
coragem.
CABEÇA
REGIÃO CRANIANA
Crânio: mais largo que longo; occipital pouco acentuado.
Stop: moderado.
REGIÃO FACIAL
Trufa: ampla e preta.
Focinho: potente. medianamente largo, apenas ligeiramente mais curto que o crânio.
4
Maxilares / Dentes: maxilares fortes, poderosos. Dentadura forte, alinhada e
completa. Mordedura em tesoura (a face anterior dos incisivos inferiores se encaixa
verticalmente com a face posterior dos incisivos superiores).
Bochechas: bem desenvolvidas, sem serem demasiadamente proeminentes.
Olhos: de tamanho médio, amendoados. De olhar inquisidor. Qualquer tonalidade de
marrom e de acordo com a cor do pelo, quanto mais escuros melhor. Pálpebras
aderidas e totalmente pigmentadas.
Orelhas: de tamanho mediano e implantação média, triangulares, caindo lateralmente,
e separadas das bochechas. Podem ser cortadas de forma arredondada, semelhante
à orelha do puma e sem ultrapassar a metade de seu comprimento (exceto nos países
onde o corte das orelhas é proibido por lei).
PESCOÇO: forte, musculoso e não muito longo.
TRONCO
Linha superior: nivelada ou levemente selada. A altura na cernelha é igual a altura na
garupa.
Cernelha: bem definida.
Lombo: curto, forte e ligeiramente convexo.
Garupa: de bom comprimento e largura. Inclinada a 30° em relação à linha horizontal.
Sua altura é igual a altura na cernelha.
Peito: profundo, chegando ao menos até o nível dos cotovelos. Largo e bem
desenvolvido. Costelas bem arqueadas, sem serem em forma de barril. Antepeito
bem definido.
CAUDA: grossa e de implantação mediana. Seu comprimento deve chegar ao jarrete.
Em repouso, é portada baixa; em movimento se eleva na horizontal ou levemente
para cima.
MEMBROS
ANTERIORES: vistos de frente, são retos e paralelos.
5
Ombros: bem inclinados para trás.
Braços: de comprimento igual ao das escápulas.
Cotovelos: não apresentam desvios nem para dentro nem para fora.
Antebraços: retos, com ossos fortes.
Metacarpos: de perfil, levemente inclinados.
Patas: ovais, com dedos bem juntos e almofadas plantares fortes.
POSTERIORES: musculosos e potentes. Vistos por trás, paralelos.
Coxas: bem desenvolvidas.
Joelhos: com boa angulação.
Metatarsos: firmes, de comprimento médio.
Patas: de gato. Almofadas plantares fortes.
MOVIMENTAÇÃO: sem esforço, com boa cobertura de terreno, bom alcance
dos membros anteriores e boa propulsão dos posteriores. Os membros se movem
de forma paralela, aproximando-se de uma linha média quando aumenta a velocidade.
PELE: grossa e elástica.
PELAGEM
Pelo: curto, liso, rente ao corpo e com subpelo. O pelo longo é falta eliminatória.
COR: tigrados ou baios em todas as suas tonalidades, com ou sem máscara. Os
baios podem ser encarvoados. Manchas brancas são permitidas nas seguintes regiões:
maxilar inferior, parte inferior do pescoço, antepeito, ventre e na parte inferior dos
membros.
6
TAMANHO / PESO
Altura na cernelha: machos - 58 a 61 cm (com tolerância de 2cm)
fê;meas - 55 a 58cm (com tolerância de 2cm)
Peso machos - 38 a 45Kg
fê;meas - 33 a 40Kg



Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:

Letras de Música com temas Animais:

bulletCanção da meia-noite nenhum de nós

bulletIncompatibilidade de gênios

bulletVagalumes (pollo)

bulletReidosratos

bulletPreta Pretinha



Dicas Veterinárias:

bulletA melhor alimentação para os agapornis

bulletO diagnóstico por imagem é muito importante para a saúde do seu pet

bulletDisplasia coxofemoral em cães

bulletDegeneração da córnea em cães

bulletA perda de peso e doenças crônicas em cães



Ver todas as Dicas Veterinárias



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores

bullet Pedro Lauane Barbosa Campioni VET HOME clinica veterinária e banho e tosa vinhedosp (19) 38865677 >

bullet Bruno Evaristo>

bullet UniversoEquino.com.br
Médica Veterinaria Mariana Marcantonio Coneglian CRMV PR 07428>

bullet Camila Mello, adestradora franqueada da C?o Cidad?o>

bullet Vet Vale Av. Itambé, 86 Santa Luzia Taubaté/SP CEP: 12091200 >



Cinema, Filmes e Seriados:

bulletAir bud: world pup

bulletJurassic park i

bulletFilhote (cachorro / bear cub)

bulletUm peixe chamado wanda (a fish called wanda)

bulletJurassic park iii



Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bulletUrologia e nefrologia do cão e do gato

bulletO estranho caso do cachorro morto

bulletO gato que falava com fantasmas

bulletO gato de botas

bulletLivro dos passaros magicos, o

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos