Home Page > Raças & Espécies > Cães > Cimarrón uruguayo

Cimarrón uruguayo

cimarronuruguayo

País de origem: Uruguai
Nome no país de origem: Cimarrón Uruguayo
Utilização: Excelente para o trabalho com o gado, caça ou guarda
Sem prova de trabalho
RESUMO HISTÓRICO: a origem do “Cimarrón Uruguayo” é incerta. Sabe-se
que ele descende dos cães introduzidos pelos conquistadores espanhóis e portugueses.
Do cruzamento desses cães abandonados no país e de uma seleção natural onde
somente sobreviviam os mais aptos, astutos e fortes é que nasceu o Cimarrón
Uruguayo. Os habitantes da época, reconhecendo o valor destes cães, os domesticaram
e de maneira progressiva, começaram a utilizá-los muito produtivamente como
guardiões de seus estabelecimentos e no trabalho diário com o gado.
PROPORÇÕES IMPORTANTES:
• altura na cernelha / comprimento = 10:11
• a altura na cernelha é igual à altura na garupa.
• o comprimento do focinho é ligeiramente mais curto que o do crânio.
• a altura do solo ao cotovelo e do cotovelo à cernelha deve ser igual.
APARÊNCIA GERAL: o Cimarrón Uruguayo é um cão do tipo molosso, de altura
mediana, é forte, compacto, com boa ossatura, musculoso e ágil.
TEMPERAMENTO / COMPORTAMENTO: é equilibrado, sagaz, e de grande
coragem.
CABEÇA
REGIÃO CRANIANA
Crânio: mais largo que longo; occipital pouco acentuado.
Stop: moderado.
REGIÃO FACIAL
Trufa: ampla e preta.
Focinho: potente. medianamente largo, apenas ligeiramente mais curto que o crânio.
4
Maxilares / Dentes: maxilares fortes, poderosos. Dentadura forte, alinhada e
completa. Mordedura em tesoura (a face anterior dos incisivos inferiores se encaixa
verticalmente com a face posterior dos incisivos superiores).
Bochechas: bem desenvolvidas, sem serem demasiadamente proeminentes.
Olhos: de tamanho médio, amendoados. De olhar inquisidor. Qualquer tonalidade de
marrom e de acordo com a cor do pelo, quanto mais escuros melhor. Pálpebras
aderidas e totalmente pigmentadas.
Orelhas: de tamanho mediano e implantação média, triangulares, caindo lateralmente,
e separadas das bochechas. Podem ser cortadas de forma arredondada, semelhante
à orelha do puma e sem ultrapassar a metade de seu comprimento (exceto nos países
onde o corte das orelhas é proibido por lei).
PESCOÇO: forte, musculoso e não muito longo.
TRONCO
Linha superior: nivelada ou levemente selada. A altura na cernelha é igual a altura na
garupa.
Cernelha: bem definida.
Lombo: curto, forte e ligeiramente convexo.
Garupa: de bom comprimento e largura. Inclinada a 30° em relação à linha horizontal.
Sua altura é igual a altura na cernelha.
Peito: profundo, chegando ao menos até o nível dos cotovelos. Largo e bem
desenvolvido. Costelas bem arqueadas, sem serem em forma de barril. Antepeito
bem definido.
CAUDA: grossa e de implantação mediana. Seu comprimento deve chegar ao jarrete.
Em repouso, é portada baixa; em movimento se eleva na horizontal ou levemente
para cima.
MEMBROS
ANTERIORES: vistos de frente, são retos e paralelos.
5
Ombros: bem inclinados para trás.
Braços: de comprimento igual ao das escápulas.
Cotovelos: não apresentam desvios nem para dentro nem para fora.
Antebraços: retos, com ossos fortes.
Metacarpos: de perfil, levemente inclinados.
Patas: ovais, com dedos bem juntos e almofadas plantares fortes.
POSTERIORES: musculosos e potentes. Vistos por trás, paralelos.
Coxas: bem desenvolvidas.
Joelhos: com boa angulação.
Metatarsos: firmes, de comprimento médio.
Patas: de gato. Almofadas plantares fortes.
MOVIMENTAÇÃO: sem esforço, com boa cobertura de terreno, bom alcance
dos membros anteriores e boa propulsão dos posteriores. Os membros se movem
de forma paralela, aproximando-se de uma linha média quando aumenta a velocidade.
PELE: grossa e elástica.
PELAGEM
Pelo: curto, liso, rente ao corpo e com subpelo. O pelo longo é falta eliminatória.
COR: tigrados ou baios em todas as suas tonalidades, com ou sem máscara. Os
baios podem ser encarvoados. Manchas brancas são permitidas nas seguintes regiões:
maxilar inferior, parte inferior do pescoço, antepeito, ventre e na parte inferior dos
membros.
6
TAMANHO / PESO
Altura na cernelha: machos - 58 a 61 cm (com tolerância de 2cm)
fê;meas - 55 a 58cm (com tolerância de 2cm)
Peso machos - 38 a 45Kg
fê;meas - 33 a 40Kg



Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:

Letras de Música com temas Animais:

bulletGita

bulletPeixe Vivo Temas Diversos

bulletAranha hangover

bulletCachorro tchakabum

bulletAnunciação



Dicas Veterinárias:

bulletEnvenenamento em cães

bulletAdestramento de gatos

bulletDieta vegetariana para cães e gatos

bulletComo salvar um cachorro engasgado

bulletPrimeiros socorros para picada de aranha



Ver todas as Dicas Veterinárias



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores

bullet Mariana LageMarques Médica Veterinária graduada pela Universidade Paulista em 2002. Mestre em Cirurgia pela FMVZUSP em 2008. Sócia Fundadora ABOV (Associação Brasileira de Odontologia Veterinária), 2002. Faço atendimento odontológico móvel. >

bullet Projeto C?o Moderno Felipe Consentini felipe@caomoderno.com.br>

bullet silvana em souza mé dica veterinária crmv-sp 9617 animalcamp rua d pedro i n? 663; guanabara - campinas/sp fone: (19) 32425370 www.animalcampcjbnet homeovete@yahoo.com.br >

bullet Magda Izidio de Souza, Médica Veterinária>

bullet por Priscila Pinheiro - Pet Sitter

 

Bicho Feliz Pet Sitter

Site: https://sites.google.com/site/bichofelizpetsittercotiasp/

Whatsapp e celular: (11) 98586-9212

Twitter: @bichofelizps

>



Cinema, Filmes e Seriados:

bulletBabe, o porquinho atrapalhado

bulletCães de guerra

bulletMeu maior amigo

bulletO encantador de cavalos / o senhor dos cavalos (the horse whisperer)

bulletNo olho do gato (dans l oeil du chat)



Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bulletUrologia e nefrologia do cão e do gato

bulletA perigosa vida dos passarinhos pequenos

bulletA volta do gato preto

bulletPassaros sao eternos, os

bulletVida de cão

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos