Home Page > Raças & Espécies > Cães > Samoieda

Samoieda

samoieda

País de origem: Norte da Rússia e Sibéria
País Patrono: União dos Países Nórdicos / NKU
Nome no país de origem: Samoiedskaïa Sabaka
Utilização: Tração de trenó e companhia
Sem prova de trabalho
RESUMO HISTÓRICO: o nome Samoieda deriva das Tribos Samoyed do norte
da Rússia e da Sibéria. Na parte ao sul da área, eles usavam cães brancos, pretos e
marrons particolor como cães pastores; na parte ao norte, os cães eram brancos puros,
tinham um bom temperamento e eram usados como cães de caça e de trenó. Os cães
Samoiedas viviam perto de seus donos, dormiam dentro dos abrigos e serviam como
aquecedores. O zoólogo britânico Ernest Kilburn Scott passou 3 meses entre as tribos
Samoiedas em 1889. Ao retornar para a Inglaterra, levou consigo um fi lhote macho
marron chamado “Sabarka”. Mais tarde ele importou uma fê;mea chamada “Whitey
Petchora” da parte ocidental do Ural e um macho branco chamado “Musti” da Sibéria.
Esses poucos cães e aqueles levados pelos exploradores são a base para os Samoiedas
ocidentais. O primeiro padrão foi escrito na Inglaterra em 1909.
APARÊNCIA GERAL: de tamanho médio, elegante, um Spitz Ártico branco. Sua
aparê;ncia dá a impressão de força, resistê;ncia, graça, agilidade, dignidade e segurança.
A expressão chamada “sorriso do Samoieda” é formada pela combinação da forma
dos olhos com sua posição, e os cantos da boca ligeiramente curvados para cima. O
sexo deve estar claramente defi nido.
PROPORÇÕES IMPORTANTES: o comprimento do corpo é aproximadamente
5% maior do que a sua altura na cernelha. A profundidade do corpo é ligeiramente
menor do que a metade da altura na cernelha. O focinho é aproximadamente do mesmo
comprimento que o crânio.
COMPORTAMENTO / TEMPERAMENTO: amigável, aberto, alerta e cheio de
vida. O instinto de caça é muito leve. Nunca tímido ou agressivo. Muito social e não
pode ser usado como cão de guarda.
CABEÇA: poderosa e cuneiforme.
REGIÃO CRANIANA
Crânio: visto de frente e de perfi l, é ligeiramente covexo. Largo entre as orelhas.
Sulco entre os olhos ligeiramente visível.
Stop: claramente defi nido, mas não muito proeminente.
REGIÃO FACIAL
Tr ufa: bem desenvolvida; de preferê;ncia preta. Durante alguns períodos do ano, a
pigmentação da trufa pode fi car mais clara, o assim chamado “nariz de neve”. Ela
sempre deve ser escura em sua borda.
Focinho: forte e profundo; de comprimento quase igual ao do crânio, afi lando
gradualmente até a trufa; nem pontudo nem pesado ou quadrado. Cana nasal reta.
Lábios: bem aderentes e cheios. A linha dos lábios é levemente recurvada nas
comissuras, criando o característico “sorriso do samoieda”.
Maxilares / Dentes: regular e completa mordedura em tesoura. Dentes e maxilares
fortes. Dentição normal.
Olhos: marrom escuros, bem inseridos nas órbitas, colocados separados, ligeiramente
oblíquos e de forma amendoada. A expressão é “sorridente”, gentil, alerta e inteligente.
Pálpebras bem pigmentadas de negro.
Or elhas: eretas, mais para pequenas, triangulares, espessas e ligeiramente
arredondadas nas pontas. Devem ter mobilidade; inseridas altas; devido à largura do
crânio, bem separadas.
PESCOÇO: forte, de comprimento médio e de porte orgulhoso.
TRONCO: de comprimento ligeiramente maior que sua altura na cernelha; profundo
e compacto, porém fl exível.
Cernelha: claramente defi nida.
Dorso: de comprimento médio, musculoso e reto; nas fê;meas, ligeiramente mais
longo que nos machos.
Lombo: curto, muito forte e defi nido.
Garupa: cheia, forte, musculosa e levemente oblíqua.
Peito: largo, profundo e longo, alcançando quase os cotovelos. Costelas bem
arqueadas.
Linha inferior: moderadamente esgalgada.
6
CAUDA: inserida alta. Em atenção ou em movimento, é portada curvada para a frente
sobre o dorso ou de lado; em repouso, quando portada pendente, chega a alcançar o
nível dos jarretes.
MEMBROS
ANTERIORES
Aparê;ncia Geral: bem colocados, musculosos e de ossatura forte. Vistos de frente,
retos e paralelos.
Ombros: longos, fi rmes e oblíquos.
Br aços: oblíquos e bem ajustados ao corpo; aproximadamente tão longos quanto os
ombros.
Cotovelos: bem ajustados ao corpo.
Carpos: fortes, mas fl exíveis.
Metacarpos: ligeiramente oblíquos.
Patas: ovais com dedos longos, fl exíveis e bem direcionados para a frente. Dedos
arqueados são fortes e fl exíveis.
POSTERIORES
Aparê;ncia ger al: vistos por trás, apresentamse
aprumados, paralelos e fortemente
musculosos.
Coxas: de tamanho médio, largas e musculosas.
J arretes: descidos e bem angulados.
J oelhos: bem angulados.
Metatarsos: curtos, fortes, verticais e paralelos.
Patas: como as anteriores, os ergôs devem ser removidos.
MOVIMENTAÇÃO: poderosa, livre, aparentemente incansável, com bom alcance.
Boa propulsão dos posteriores.
PELAGEM
Pê;lo: profuso, espesso; densa pelagem polar. O Samoieda é um cão com pelagem
dupla, com subpê;lo curto, macio e denso. O pê;lo de cobertura é mais longo, mais áspero
e reto. O pê;lo forma uma juba em torno do pescoço e sobre os ombros, emoldurando a
cabeça, principalmente, nos machos. Na cabeça e nas partes dianteiras, o pê;lo é mais
curto e macio. Na face externa das orelhas, o pê;lo é curto, reto e macio. O interior
das orelhas é bem forrado. Na parte traseira das coxas, o pê;lo forma um culote. Nos
espaços interdigitais, encontramse
os pê;los de proteção. A cauda é abundantemente
revestida. Nas fê;meas, a pelagem é freqüentemente mais curta e de textura mais suave
do que nos machos. A correta textura da pelagem deve sempre ter um especial lustre
brilhante.
COR: branco puro, creme ou branco com biscoito (a cor de fundo deve ser branca
com ligeiras marcas biscoito). Jamais deve dar a impressão de ser bege.
TAMANHO
altura na cernelha: machos de 57 cm com tolerância de +/3
cm.
fê;meas de 53 cm com tolerância de +/3
cm.
FALTAS: qualquer desvio dos termos deste padrão deve ser considerado como falta
e penalizado na exata proporção de sua gravidade.
· visíveis faltas de estrutura;
· ossatura leve;
· características sexuais indefi níveis;
· mordedura em torquê;s;
· olhos amarelos;
· orelhas macias;
· costelas em barril;
· cauda em gancho duplo;
· pernas curtas;
· pernas tortas ou jarretes de vaca;
· pê;lo ondulado ou curto, longo, macio ou pelagem pendente;
8
· indiferença.
FALTAS GRAVES
· falta de pigmentação nas bordas dos olhos ou nos lábios.
FALTAS ELIMINATÓRIAS
· olhos azuis ou de cores diferentes;
· prognatismo superior ou inferior;
· orelhas não eretas;
· qualquer cor de pelagem não descrita neste padrão;
· temperamento tímido ou agressivo.
NOTAS:



Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:

Letras de Música com temas Animais:

bulletO gato tico

bulletO galo é o dono dos ovos sérgio godinho

bulletCiranda da bailarina

bulletBoi de lágrimas

bulletOlímpico por natureza todo mundo se encontra no rio



Dicas Veterinárias:

bulletMeu cão late demais!

bulletIluminação em um aquário de corais

bulletHarpejamento

bulletAdestramento Cão

bulletVerdade ou mito: os gatos sempre caem de pé



Ver todas as Dicas Veterinárias



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores

bullet Monica Marv?o Cel: 985728281 Atendimento em domiceiacute;lio, cleiacute;nicas, centros diagneoacute;sticos e hospitais. >

bullet Pet Care Hospital Veterinário de S?o Paulo (11) 3740 2152 (11) 3743 2142 Av. Giovanni Gronchi, 3001 S?o Paulo SP>

bullet Israel M. BleichDiretor Técnico do Laboratório CEPAV Tecnologia em Saúde AnimalR. Tanabí, 185 S?o Paulo SP BRASILCEP05002010 Fone/Fax (011) 38729553email: info@cepav.com.br>

bullet Dr. Luiz Bolfer formou se em Medicina Veterinária no Brasil e mudou se para os Estados Unidos para se especializar em Cardiologia, Emerg?ncia e Cuidados Intensivos em cães e gatos. Completou 12 meses de Internato em Clínica Médica e Cirúrgica Veterin>

bullet por Priscila Pinheiro - Pet Sitter

 

Bicho Feliz Pet Sitter

Site: https://sites.google.com/site/bichofelizpetsittercotiasp/

Whatsapp e celular: (11) 98586-9212

Twitter: @bichofelizps

>



Cinema, Filmes e Seriados:

bulletTarzan

bulletPássaros excêntricos (pretty bird)

bulletCujo

bulletVinte mil léguas submarinas

bulletO cachorro que salvou o natal (the dog who saved christmas)



Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bulletNosso planeta verde - 100 ótimas propostas para trabalhar na educação infantil

bulletO estranho caso do cachorro morto

bulletCrianca, cachorro que fala!

bulletSucesso na criação de pássaros canários e periquitos

bulletMais que um leao por dia

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos