Home Page > Raças & Espécies > Cães > Spaniel d´água americano

Spaniel d´água americano

spanieldaguaamericano

País de origem: Estados Unidos da América
Nome no país de origem: American Water Spaniel
Utilização: o American Water Spaniel foi
desenvolvido nos Estados Unidos como um cão de caça para todos os propósitos, raça que busca a caça abatida a partir de barcos e canoas e que trabalha no solo com relativa facilidade.
Sujeiro à prova de trabalho para Campeonato Internacional
APARÊNCIA GERAL: o American Water Spaniel é um cão ativo, musculoso de
tamanho mediano com uma pelagem que vai do ondulado ao encaracolado. Muita
ê;nfase é dada ao tamanho apropriado e à simetria das partes, textura e cor do pê;lo. É
um cão de constituição sólida, muito musculoso, cheio de força e qualidades. A raça
deve ter substância e ossatura o bastante para suportar sua estrutura muscular, mas
não tanto, a ponto de parecer pesado.
PROPORÇÕES IMPORTANTES: é ligeiramente mais longo que alto, não tão
quadrado ou compacto. Entretanto, proporções exatas não são tão importantes quanto
o cão ser bem balanceado e saudável, capaz de desempenhar as atividades que a raça
se propõe.
COMPORTAMENTO / TEMPERAMENTO: o comportamento indica inteligê;ncia,
vontade de agradar e amizade. Grande energia e vontade para a caça, ainda que
controláveis em campo.
CABEÇA: a cabeça deve estar em proporção com o todo do cão. Comprimento
moderado. A expressão é alerta, autoconfi
ante, atrativa e inteligente.
REGIÃO CRANIANA
Crânio: bastante largo e cheio.
Stop: moderadamente defi nido, mas não muito pronunciado.
REGIÃO FACIAL
Tr ufa: de coloração escura, preto ou marrom escuro. A trufa é sufi cientemente larga
e com narinas bem desenvolvidas para garantir um bom faro.
Focinho: moderado no comprimento, quadrado e com boa profundidade. Sem
tendê;ncia a ser afi lado.
Lábios: secos e aderentes, sem excesso de peles ou rugas.
4
Maxilares / Dentes: mordedura em tesoura ou torquê;s.
Olhos: de tamanho médio, bem separados, e apesar de ligeiramente arredondados,
não devem ser protrusos ou salientes. Pálpebras aderentes e não pendentes. A cor
dos olhos pode ir do marrom amarelado claro ao marrom, avelã ou de tom escuro
para harmonizar com a cor da pelagem. Olhos amarelos são desqualifi cantes. Olhos
amarelos são de cor brilhante como o limão e não devem ser confundidos com o
marrom amarelado claro.
Orelhas: inseridas ligeiramente acima da linha dos olhos mas não tão altas na cabeça,
são lobulares, longas e largas com suas pontas se estendendo até o nariz.
PESCOÇO: redondo e de comprimento médio, forte e musculoso, livre de pregas.
Sua inserção permite portar a cabeça com dignidade, mas seu arco não é acentuado.
TRONCO: bem desenvolvido, fi rmemente construído mas não exageradamente
compacto.
Linha super ior: plana ou levemente inclinada e reta a partir da cernelha.
Lombo: forte.
Peito: caixa torácica bem desenvolvida, se estendendo até o cotovelo, nem muito
larga nem muito estreita. Costelas bem arqueadas, mas sem que isto interfi ra na
movimentação dos membros dianteiros.
Flancos: sem ser esgalgado.
CAUDA: de comprimento moderado, curvada; pode ser portada tanto ligeiramente
acima quanto abaixo da linha de dorso. A cauda afi la gradativamente até a sua ponta;
portada alegremente e coberta por pê;los moderados formando franjas.
MEMBROS
ANTERIORES: de comprimento médio, retos e com boa ossatura, mas nunca tão
curtos a ponto de impedir o trabalho de campo ou tão pesado que possa se mostrar
desajeitado.
Ombros: inclinados, limpos e musculosos.
Metacar pos: fortes sem qualquer sugestão de fraqueza. Ergôs dianteiros são
permitidos.
POSTERIORES: todo o conjunto posterior mostra força e propulsão. As pernas,
desde o jarrete até as almofadas plantares, são moderadas em comprimento, fortes e
retas com boa estrutura óssea.
Garupa: bem desenvolvida.
Coxas: bem desenvolvidas.
Jarretes: ligeiramente arredondados, não devem ser pequenos e de contornos agudos,
muito marcados. Moderadamente angulados.
Metatarsos: paralelos.
PATAS: o tamanho das patas em harmonia com o tamanho do cão. Dedos bem
fechados, palmados e com almofadas plantares bem desenvolvidas.
MOVIMENTAÇÃO: o Spaniel D’Água Americano, se move com equilíbrio entre a
propulsão e o alcance. Na movimentação de ida e vinda, não devem ser observados
sinais de cotovelos para fora. Quando visto por trás, a impressão é de que os posteriores,
que devem ser musculosos e sem “jarretes de vaca”, se movem tão paralelos quanto
possível, com os jarretes fl exíveis participando do trabalho de propulsão, dando a
aparê;ncia de poder e força.
PELAGEM
Pê;lo: o pê;lo pode ir do ondulado uniforme até o encaracolado (crespo). A quantidade
de ondas ou anéis pode variar nas diferentes partes do cão. É indispensável que haja
um subpê;lo que proveja sufi ciente densidade para protegê;lo
do clima, da água ou
do ambiente hostil, mas nunca muito rude ou muito macio. A garganta, pescoço e
posterior do cão são bastante cobertos por pê;los. As orelhas bem cobertas por pê;los
em ambos os lados e com o canal auditivo provido de pê;los. A região frontal também
coberta de pê;los curtos e macios, sem topete. Cauda coberta até a ponta com franjas
moderadas. As pernas tê;m franjas moderadas com ondas ou anéis para harmonizar
com a pelagem do cão. A pelagem pode ser trimada para melhorar a aparê;ncia; as
orelhas podem ser raspadas; mas nenhuma das duas atitudes é exigida.
6
COR: fígado, marrom ou chocolate escuro sólidos. Um pouco de branco nos dedos
ou no peito é permitido.
TAMANHO / PESO:
Tamanho: 38 a 46 cm para ambos os sexos.
Peso: os machos pesam de 13,5 a 20,5 kg e as fê;meas de 11,5 a 18 kg. As fê;meas
tendem a ser ligeiramente menores que os machos.
Não há preferê;ncia por qualquer tamanho dentro das medidas dadas para ambos os
sexos, desde que as corretas proporções, boa substância e o equilíbrio sejam mantidos.
FALTAS: qualquer desvio dos termos deste padrão deve ser considerado como falta
e penalizado na exata proporção de sua gravidade.
FALTAS ELIMINATÓRIAS
· agressividade ou timidez excessiva.
· olhos amarelos.
NOTAS:
· os machos devem apresentar os dois testículos, de aparê;ncia normal, bem descidos
e acomodados na bolsa escrotal.
· todo cão que apresentar qualquer sinal de anomalia física ou de comportamento
deve ser desqualifi cado.



Gostou do conteúdo animal acima! Então compartilhe em suas Redes Sociais:

Letras de Música com temas Animais:

bulletBater das asas

bulletA rainha da cavalgada

bulletHomem Aranha

bulletCasa no campo

bulletO ovo e a galinha



Dicas Veterinárias:

bulletTapeworms em cães

bullet5 tendências do mercado pet que você precisa conferir

bulletA pele do cão

bulletUma questão de cultura!

bulletComo resgatar um cão da rua?



Ver todas as Dicas Veterinárias



Colunistas - Veterinários que escrevem sobre temas aos leitores

bullet Virgínia Figuerôa (11) 55061144 / virginia@ecco.inf.br>

bullet Dr. Ciro Pinheiro Mathias Franco Medico Veterinário atuante em odontologia eqüina. Cel. (11) 9814 6666 E mail: ciromedvet@ig.com.br>

bullet Patricia Oliveira>

bullet Adriana Morales Médica Veterinária CRMV: 6467 Membro do Colégio Brasileiro de Oftamologia Veterinária. Avenida 11 de Agosto, 1693. Valinhos/SP Tel.: 19 38492522>

bullet cepav laboratórios
fone: (11) 3872-9553
rua tanabí, 185 - são paulo/sp
www.cepav.com.br>



Cinema, Filmes e Seriados:

bulletGodzilla

bulletMeu cachorro skip (my dog skip)

bulletO gato de 9 caudas (il gatto a nove code)

bulletJurassic park ii

bulletUm peixe fora d água (mr baseball)



Ver todos os filmes e seriados

Livros Animais

bulletOs passaros e suas doencas

bullet4 vidas de um cachorro

bulletCrianca, cachorro que fala!

bulletOs segredos dos gatos tudo para entender e ensinar o seu companheiro

bulletPássaros amarelos

Ver todos os Livros

Digite aqui a palavra-chave


© Desde 2000 na Web - CONTEÚDOANIMAL.com.br - Todos os direitos reservados - Créditos